sexta-feira, 4 de junho de 2010

FILMES

Muito bem... acabei de ver mais um filme nesse feriado sem meu amor ai ai. Assisti o Shrek para sempre, Prince of Persia, Hierro e Dark Relic.

Shrek para sempre - Eu gostei do filme. Não tem tantas tiradas espertas como nos outros. Mas consegue manter vc com os olhos na tela. Algumas cenas estão já ficando manjadas no Shrek... achei o mais fraquinho de todos apesar de gostar. É Shrek, sem comentários.

Prince of Persia: Sands of Time - Eu não pensei que seria bom. Muito difícil ver filmes baseados em jogos que se dá bem. Mas fiquei bem feliz com o resultado do filme. Claro que não dá para contar uma história de 6h...7h de jogo em um filme. Mas consegue deixar a trama clara para todos que queiram assistir. Será que terá o filme do Warrior Within ou Two Thrones? Esperar para ver. Algumas cenas dele lembra muito o Altair ou o Ezio dos jogos Assassins Creed, a movimentação tanto de Dastan como Altair e Ezio são muito parecidas.

Hierro - Esse filme me agradou muito. Um suspense espanhol muito legal. Consegue prender sua atenção bastante parte do tempo. Teve horas que deu sono admito. Mas gostei do final. Não esperava. Não contarei muito do filme para não perder a graça.

Dark Relic - Para quem quer filmes de terror. Não chegue perto dele. Honestamente foi uma dos filmes mais porcarias que assisti. Efeitos especiais zuados, atores "maravilhosos", uma história já manjada de outros filmes clássicos. Resumindo, é uma droga. Sério. Fiquem longe dele!

Bem, no resultado final até que assisti filmes bons. Tirando o Dark Relic que realmente me desapontou muito.

quinta-feira, 3 de junho de 2010

Bem... andei pensando aqui. Por que desenhar coisas perfeitas... Eu até consigo desenhar sabe. Mas não adianta. Eu tenho que colocar meu jeito... meu estilo em qualquer coisa que rabisco. Hoje prometi para meu amor desenhar um lobo... o mais realista possível. Mas quando começo a desenhar faço do meu jeito, mesmo se continuar realista, faço com meu estilo. Enfim, hoje em dia vemos muitas cópias por ai. Que perdem a identidade só para ficar fiél a uma foto... desenhista preferido. Eu prefiro continuar com meu toque a mais em cada rabisco que faço. Enfim...

quarta-feira, 2 de junho de 2010

Escolhas

Engraçado quando vc pega coisas de anos e anos atrás e lembra exatamente o que estava fazendo. Hoje estava fuçando aqui nas minhas coisas e achei isso:




Desenho de trocentos anos atrás. Que foda! Estudava na escola Carlos Brunetti quando fiz isso. Adorava ficar fazendo desenho que preenchia a folha inteira hahahaha. Só para passar o tempo. E enquanto ia vendo essa pasta de desenhos antigos fui lembrando de bons momentos que tive... sem cobrança. Sem responsabilidade sabe. Desenhava por que queria desenhar. Quando tinha vontade de pegar um lápis e mandava bala.




E olha agora... o tempo passa. Os desenhos aos poucos vão melhorando. E a vontade de desenhar começa a ser cobrada. Ser acompanhada com mais exigência. Mais disciplina. Vc começa a cobrar de vc mesmo melhoras no traço. Na criatividade. No realismo. E esquece que é apenas para se divertir... passar o tempo expressando os sentimentos... desenhando apenas.



E vc fica pensando se é isso que vc quer... Sou um cara muito chato em relação ao meu desenho. Critico ferozmente o que faço. Nunca gosto de nada. Mas vendo esses desenhos, vi que perdi o que fazia eu gostar de desenhar. Perdi justamente o jeito criança... sem cobrança. Perdi o que sou para viver na rígida disciplina do desenho.





Ultimamente não tenho ligado mais para a perfeição do desenho. Ou o que falam sobre isso... O importante é se divertir.



Da esquerda para direita. De cima para baixo: Sunrise, Maximus, Past Life, Gatekeeper, Guardian, Darkstalker, Power Unit and Sonic.


Não cobre muito de vc. Sei que a vida exige isso. Mas nunca abandone o que vc realmente é! Isso destrói vc com o tempo.



Entendeu?

terça-feira, 1 de junho de 2010

Destino

Por que as coisas são como tem que ser?

Complicado falar disso. Alguns dizem que o destino não pode ser mudado. Que desde que nascemos já está traçado o ciclo inteiro da vida. Mas acontece coisas tão inusitadas no dia a dia que vc diz: "Estava fazendo tudo para dar certo e do nada não quero mais." É sem sentido isso. Por que vc continua fazendo algo e quando está no fim, simplesmente não quer mais. Vc tem a resposta? Eu não! Muitos desenhos que faço acontece isso. Do nada não quero mais fazer quando está no fim. Mas isso é por causa do meu temperamento. Sou o pior crítico que vai existir dos meus desenhos. Eu rasgo. Amasso. Rabisco ele inteiro de raiva por não achar que está bom. Mas voltando ao assunto... existe coisas que dizem que o destino está traçado. Mas dai eu vejo, a pessoa, com toda a condição de mudar isso e não quer. Talvez aceitando... se conformando das coisas. Amigos reclamando da vida, mas não lutando para mudar. Aceitam como se não tivessem força para isso.

Hoje estava aqui, desenhando novamente, visualizei mentalmente o desenho inteiro que queria fazer. E comecei a desenhar calmamente ele... mas numa certa parte do desenho, comecei a visualizar outra coisa. Dai pensei aqui comigo: "Pensei em algo e agora estou mudando todo o planejamento que tive para fazer outra coisa." É estranho, mas ao mesmo tempo, dá um controle... poder sobre o que vc quer. Claro que isso comparado com outras situações é pequeno.

Mas vc conseguiu enxergar o que fiz? Simplesmente mudei, por achar que não estava certo, ou por que não quis mais aquilo e procurei algo melhor. E dai ouço amigos falarem que não conseguem mudar a vida. Claro que conseguem porra! Nem todo começo é fácil. Vc precisa acreditar para querer mudar. Esquecer o destino que vc acha que tem que seguir. Tudo na vida tem solução. A solução é o que vc quer! E não o que acha que tem que ser.

Na vida existe n° probabilidades de escolha. E sempre escolhemos a que nos deixa feliz. Não fazemos isso por obrigação. Parece que falam que é o destino para fugir da própria responsabilidade. Deixe tudo na mão do destino. Dos deuses. Culpe a si mesmo pelo que escolhe... eu errei em várias escolhas feitas na vida. Mas estou aqui! Para poder tentar de novo... sempre e sempre. Não culpe o destino por ter comprado um carro errado, escolhido faculdade ruim, ter que mudar por que está ruim a situação, por brigar com a namorada, bater nos filhos, magoar um amigo... culpe a si mesmo. Pois vc é que move seu mundo. E só vc pode escolher o seu caminho.

Estou correndo para mudar meu "destino". Lutando a cada dia pelo que quero. Sem olhar para trás ou o "destino" interferir em algo. Se vc acredita e quer, vc corre atrás.

Mas por que as coisas são como tem que ser? Simples... por que vc aceitou!

Se quiser que mude tem que começar a correr atrás por seus méritos. Enfim, mais um dia pensando sobre a vida. Ao invés de lutar pelo que vc quer. Deixe o destino guiar sua vida.

Todos temos o controle de nossas ações. Basta acreditar, se realmente quiser, e correr atrás.