segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Dias

E eu ficava pensando o que era para ela
sem saber o rumo que tomaria naquele dia
e assim, passava os dias.

Mas na verdade eu sei o que sou para ela.
E assim os dias não eram apenas dias...
eram os dias!

Felizes... às vezes nem tanto assim.
Mas eram os dias que pude amar...
E por segundos, eu amei!

Até ver o quanto era difícil amar.
Mas continuei amando, e assim
fiquei, sentando na janela.
Olhando o tempo passar.

Pensando cada segundo, cada minuto
o momento que iria ter com meu amor.
E assim, tornar real um sonho.
Um sonho, que sempre ousei desejar.

E assim eu pude ver
o quanto vale um amor verdadeiro.
Que não importa estar perto ou longe
Se é impossível ou não.
Ele vale, por acreditar.

Agora só falta sair da janela.
E parar de sonhar.
Por que esse amor...
o mínimo que tem que ser...
é se realizar.

Te amo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário