sábado, 29 de janeiro de 2011

Palavras ao vento

E pelas sombras vou amando ela.

Esperando que a última vela acesa
indique o caminho do seu coração.
Sei que ela não me quer...
Que não sou nada para quem tem tudo.
Mas mesmo assim nessa escuridão
Eu vou seguindo, sem medo
com fé e esperança
até esse brilho que vejo adiante.

Será que não sou tudo isso
que pensava ser?
Será que tudo nessa vida
sempre irá tirar os sonhos
daqueles que mais acreditam?

Vejo o andar de tudo.
E sinto como estou só eu
com fé nesse destino.

Vejo...
que só eu tenho o mapa
que me conduzirá
para esse amor que ouso ter.

E fico triste
por que é o único caminho,
único caminho que sei
E pelo jeito
eu sempre andarei

2 comentários:

  1. Triste com ela nem falando comigo. Me ignorando por dias por minha amizade. E eu não vou deixar de amar ela. Deus fará justiça se assim eu merecer e ela realmente me amar. Mas valorizo ela mais que própria vida. Se isso não foi suficiente para ela me amar... tudo que mostrei. Não sei o que poderia então fazer. Ficarei em silêncio esperando ela chamar. Não falarei mais nada e realmente acredito que se ela me amar... dirá algo. Senão ficarei na eterna espera em silêncio.

    ResponderExcluir
  2. Ela deve saber do seu amor, só se esconde, e se esconde por amar de tal forma que não possa demonstrar.

    ResponderExcluir