quarta-feira, 27 de abril de 2011

Sem rumo

Sem saber o que acontece, vou seguindo.
Vendo como tudo foi lindo e agora nem em pensamento para ti existo!
Seguindo, olhando para trás, e vendo cada passo...
... cada ação feita por mim, para estar nesse lugar...
...não valeu nada no seu olhar!

É... tudo que andei, de que importa se para vc
nada disso, fez vc ao menos acreditar...

Que amor é esse então?
Se por mais que mostre, ele não vai se realizar!
Não por minha causa. Mas por medo seu de tentar.
É... agora estou aqui, sozinho, seguindo...
Para onde? Não sei!


Mas em pensamento, quero que vc esteja quando chegar.
Para quem sabe um dia, vc valorizar...


É... vou seguindo, sem rumo, para onde desejo estar.

Um comentário:

  1. Não importa para onde eu vá. Se chegando lá, vc não estiver... vai continuar sendo nada.

    ResponderExcluir