sexta-feira, 29 de abril de 2011

Será que te amo?

Acordo! Com vc ao meu lado dizendo bom dia!
Levanto e vou tomar café perguntando se vc dormiu bem.
Vc sorri e diz que dormiu muito bem! É, eu sei!
Corro para o banho em sua companhia. Que maravilha!
Acabo o banho e vou me trocar. Melhor a branca ou azul amor?
Escovo os dentes sujando vc e vc apenas ria.
Saio de casa correndo, mas antes um beijo. Te amo sabia!?
Chego no trabalho e vc é minha companhia.
Bem ao lado dos poemas e versos. Vc sempre me ilumina.
Escrevo com vc falando no meu ouvido. É, vc me inspira!
Olho a hora, vamos comer? Italiana ou Chinesa? Hum?
As horas passam e vc sempre ao meu lado. Ah, essa companhia...
Está ficando tarde! Está na hora de ir embora vc dizia. Vamos?
No carro, estava louco para chegar em casa
 e perguntar como foi seu dia. Que agonia!
Chego em casa sorrindo, chamando seu nome,
mas ela está vazia. Cadê vc amor?
 Não vejo vc aqui! A comida desce seca. Escovo os dentes rápido.
O banho está tão frio. Eu tremia! A cama espaçosa, quase infinita!
Vc podia estar aqui, não é? Volta para mim!
E antes de pegar no sono, eu penso:



"É, acho que não te amo. Eu devia pensar mais em vc! É.... devia!"




3 comentários: