sexta-feira, 6 de maio de 2011

Coisas da vida

Eu sempre acreditei que as pessoas pudessem se tornar algo melhor com o tempo. E por isso eu sempre tentei manter as melhores coisas intactas com o passar do tempo. Coisas que geralmente foram esquecidas. Ou perderam a importância com o tempo. Valores que poucas pessoas realmente enxergam hoje em dia. E muitas falam da boca para fora, já que suas ações provam ser diferentes. Então, eu sempre fui voltado para a cultura clássica. Valores clássicos, honra, fidelidade, lealdade, amor, palavra, caráter, e muitas outras mais sempre na ponta da língua. A religião que mais me identifico, Ásatrú, é uma religião voltada para a honra e a manutenção de seus atos e caráter. Nunca fui materialista. Sempre quis o conhecimento e poder interior do que status e coisas que não dá para carregar para qualquer lado rs... Mas esses últimos dias eu sofri uma dor que nem tem como descrever. Algo "titânico" pela força do impacto e da força como estou me segurando ainda. Por que por mais nervoso e frustrado que esteja ainda com isso, descontando em cada palavra dita minha mágoa, eu sou leal ainda a isso.  Nunca negarei isso! Por mais que leiam minha agressividade nas palavras. Sempre serei fiél e leal a esse sonho. Todos sabem que sonho é esse que acredito! E muito que realmente me conhecem, sabe o quando estou machucado por isso. Quem realmente me conhece sabe que estou totalmente arrasado com o que aconteceu. Enxerga que por mais que esteja me comportando forte diante deles. Cada palavra que digo, vem com uma gota de sangue do corte que sofri. Sabem que estou totalmente defensivo para justamente não cair de vez. Eu sempre estive aqui! Sempre! E sempre estive por esse sonho. Me mantive por 1 ano firme por esse sonho.  Sabem o quanto eu sou leal e fiél a esse sonho! Mesmo falando o contrário. Quem realmente me conhece sabe que pelo que sou, jamais iria abandonar se acredito. Mas, a vida não é como sempre queremos. E por mais que o desespero de querer ajudar fosse maior, o modo como foi pedido isso doeu. Até o mais fiél cachorro, tem seu momento de instinto e rebeldia para se defender do dono agressor quando preciso. Não estou dizendo que sou o cachorro da pessoa! Mas estou dizendo que até quem mais te ama, um dia, vai ter seu dia de "espera ai! Olhe o que vc faz comigo! Estou aqui por vc droga! Não precisa ser assim!" E dias atrás tive esse dia. Bem, todo mundo sabe o que aconteceu acredito se lêem o blog.  Cada um para o seu canto e fine! Um culpando o outro das ações... no lado dela por não amar e quando precisou virei as costas. Meu lado por estar sempre aqui dando motivos e quando voltou, foi por apenas precisar e não por mim. Enfim, não culpo nenhum dos lados, nem dou razão. Não posso culpar, nem se defender. Cada um teve seu motivo e agiu da forma como pensavam ser melhor. Teimosos de fato! E por mais que esteja longe, esquecido, enfim... ainda rezo e peço que o que ela quer no momento se realize. Eu sempre disse que sempre iria ficar nas sombras cuidando se preciso. Vou torcer para ela ser feliz! Eu honestamente não vou correr mais atrás. Mesmo ainda querendo e tendo esperanças e todas coisas boas possíveis mais. Não vou correr. Poderia ser uma prova de tudo que demonstro ser... é, poderia. Mas a mágoa pelo ocorrido é enorme. Realmente me machucou feio isso! Quem está comigo enxerga fácil isso. Mas se quer assim, não irei contrariar. Atendo o pedido, e vou embora. Mesmo sabendo que ainda acredito nisso. Que para mim, nunca vai acabar. Quem acredita de verdade, sempre vai acreditar! E ainda como um amigo meu disse uma vez... quero ainda manter esse meu lado inocente e sonhador que à muito tempo a maioria esqueceu na vida. Sonhos nunca morrem! E esse é eterno! Mas não sou eu que vai dar o passo para se realizar se tiver que ser. Fiz tudo que podia... e do meu jeito, quieto, continuarei dando meus motivos...

Nenhum comentário:

Postar um comentário