quarta-feira, 8 de junho de 2011

A frieza da ganância



Ela olha o caminho que tem em sua frente.
Estrada linda. Digna de um caminho dos reis!
Sem dúvidas ela escolhe esse caminho, mas a que preço.
Conforme vai caminhando, vê como as coisas mudam...
E vê que as decisões que tomou foram erradas!
O frio percorre seu corpo, nessa estrada sem vida.
O que adianta seu calor agora, doce menina?
Não importa quantas vezes andar.
Não importa quantas vezes procurar.
Nesse caminho que escolheu, só a tristeza vai achar!
Então pergunto para ti: "Valeu a pena?"
Ela não consegue responder.
Seus lábios congelaram nas verdades da sua mentira.
De que adianta agora estar onde está. Perfeita.
Se ninguém está aqui para te olhar?
Então ela esquece as coisas que desejou.
E olha o longo e doloroso caminho que escolheu.
Por que agora, ela vai se tornar o que sempre negou.
E vendo ela percorrer esse caminho, eu penso
em quantas e quantas vezes as pessoas escolhem
as coisas apenas por ser bonito, ou materialmente valioso.
Mas esquecem de como é sacrificante chegar onde desejam.
E quando conseguir o que deseja, ela não terá mais tempo.

Por que o inverno está chegando nesse caminho que ela escolheu!

Nenhum comentário:

Postar um comentário