sexta-feira, 29 de julho de 2011

Este tempo na noite



Eu vejo! Sinto a sombra da presença por onde passo!
Sufocando minha mente com sonhos de uma passado-presente.
Nesse tempo que para a cada pensamento. A cada queda.
Tudo valia tanto a pena!

É tão cruél! De fato! E tento justificar essas vindas... 
Por que pensar. Por que tentar ainda! Eu tento? Não sei!
Mas me perco nesse tempo na noite olhando distante.
Olhando para algum lugar que esteja o que busco.
Buscando algo no tempo...

Tempos que nunca virão!

Imagino um momento apenas. Parando esse tempo incansável
que faz tudo voltar no ponto que começou!
Com lampejos cegando o caminho. Por tudo sozinho!
Tento! É, tentando esquecer o significado de pensar ainda.
Esquecer esse passado tão presente!

Sem nada a dizer olho nessa noite o relógio parar novamente.
Imaginando um momento apenas com você. É!
Um momento de estar sentindo novamente a vida mais uma vez.
Iluminando essa escuridão. Conquistando tudo hoje.
Às escondidas! Às claras! No dia e na noite!

Um momento novamente desejo. 

Um momento nesse tempo! Nessa noite!

Com você!

Nenhum comentário:

Postar um comentário