quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Mês de agosto

Ok, ok... vamos tentar postar novamente algo sem ficar querendo xingar muito aqui!

Tudo bem com vocês? Então, estou aqui hoje para falar de uma fase gostosa que estou passando! Se passou muito tempo de fato desde que me sentia assim. E agora novamente estou feliz! Os motivos não direi por que desta vez prometi acertar e não ficar falando pelos cantos as coisas. Mas posso dizer que estou realmente feliz! E estou me sentindo cheio de energia para buscar isso que quero e dizer a verdade sem medo. O mês de agosto também foi marcado por mudanças no blog. Ééééééééé!!!!! A começar pela volta das histórias do cavaleiro. Eu realmente gosto em particular de quando posto as histórias dele. Por que elas estão diretamente ligadas com o que estou passando e sentindo.A interação direta do personagem em busca do que acredita. É sempre legal dar uma lida com atenção em cada post dele para saber de mim! Outra novidade foi que voltei a postar sobre histórias que escrevi muito tempo atrás (Hybrid Reverie e Holidom). Uma coisa que vou tentar fazer de agora em diante é falar mais a respeito de cada uma e deixar assim, vocês leitores, mais mergulhados nesses dois mundos que vou estar contando! Os filmes, jogos e quadrinhos tiveram também o ritmo bem administrado no mês, deixando quem acompanha sempre com uma novidade pela semana. Os poemas e versos continuam a todo vapor no blog comigo tentando sempre postar pelo menos uma coisa a cada noite! Criatividade e motivos agora tenho de sobra para escrever com mais animação. Outra coisa que também gostei muito de ter feito, foi ter colocado marcadores nos textos do blog (ainda não coloquei em todos). Isso está facilitando muito na navegação do blog, separando as postagens de forma que podem acompanhar sem perder alguma coisa. Alguns posts tem também sub-marcadores para deixar mais aprofundada as pesquisas. Uma coisa que achei ruim foi que não postei muito sobre anime, series e textos meus. Acho interessante falar a respeito de outras coisas, para dar mais diversidade no blog. Tentarei corrigir isso no mês de setembro. As visitas do blog também caíram muito! Eu acredito que a mudança de nome e endereço, tenha feito muitas pessoas não acharem mais o blog e com isso, parado de visitar. Errei em não ter feito um post antes para avisar sobre as mudanças. Pisei feio na bola nessa! Outra coisa que acredito que tenha feito muitos irem embora, foi justamente as mudanças feitas com novos assuntos colocados no blog. Acho que perdeu um pouco a identidade inicial do blog isso. Mas com a continuidade dos poemas e versos, mantenho sempre acesa as palavras que foram o motivo de ter criado esse blog. Tentarei também corrigir isso colocando mais textos meus!

No balanço geral, esse mês foi de altos e baixos! Mas principalmente de mudanças! De uma procura de colocar os leitores mais perto de mim. Com mais interação e acessibilidade pelo site. Foi um ótimo mês! Principalmente esses últimos dias dele!

Espero continuar mantendo o ritmo de sempre e agradeço desde já aqueles que colaboram com suas visitas para manter esse blog sempre ativo! Afinal, quem mantêm ele aqui são vocês!

Abraços e beijos para todos, fui!

Tão bom


Muito bom quando começa o dia com pessoas  perturbando a vida!



Fico muito PUTO!

Voltei por amar




Será que existe amor nos tempos atuais?

Quando digo para você que a amo, amo mais ainda esse amar!
Não sei o que acontece quando estou com você.
Nem as razões de fazer de você, a pessoa que desejo conquistar!
Mas é você aquela que digo amar!

As palavras, por mais significativas que sejam, se perdem...
E meu coração pede licença para se pronunciar!
Ah, meu amor, o que preciso mostrar para ti, que faça enxergar?
Que minha alegria, e minha tristeza se equilibram até você chegar!
Diga-me o que sente? Diga-me quando tempo vamos perder ou esperar?

E vejo você novamente, me conquistando mais e mais!
E só soube quando te perdi o quanto você vale!
 E esse tempo longe, eu vi! Que é você que amo!
Diga-me que posso tentar? Te amar?

Diga-me que posso mostrar se mereço ou não ficar!

Fazendo nosso próprio tempo! Nosso próprio momento!
Estou aqui, sentindo você em mim! Dentro de mim!
Batendo forte! Mais forte! Nisso que novamente digo ser te amar!

Não olho para trás! Nem deixo os erros passados chegar!
Estou aqui para acertar! Para dizer com toda a força o que sinto você!
O sentimento que sempre disse que é te amar! Acredite!
E buscando merecer, voltei novamente para falar com você.

Para dizer que não esqueci de acreditar! 

terça-feira, 30 de agosto de 2011

Placebo - Because I Want You



Because I Want You

Fall into you
Is all I seem to do
When I hit the bottle
'Cause I'm afraid to be alone
Tear us in two
Is all it seems to do
As the anger fades
This house is no longer home

Don't give up on the dream
Don't give up on the wanting
And everything that's true
Don't give up on the dream
Don't give up on the wanting

Because I want you, too
Because I want you, too
Because I want you, too
Because I want you
Because I want you

Stumble into you
Is all I ever do
My memory's hazy
And I'm afraid to be alone
Tear us in two
Is all it's gonna do
As the headache fades
This house is no longer a home

Don't give up on the dream
Don't give up on the wanting
And everything that's true
Don't give up on the dream
Don't give up on the wanting

Because I want you, too
Because I want you, too
Because I want you, too
Because I want you
Because I want you

Because I want you, too
Because I want you, too
Because I want you
Because I want you

Fall into you
Is all I ever do
When I hit the bottle
'Cause I'm afraid to be alone
Tear us in two
Tear us in two
Tear us in two

Because I want you, too
Because I want you, too
Because I want you
Because I want you
Because I want you, too
Because I want you, too
Because I want you
Because I want you

Porque Eu Quero Você

Cair dentro de você
É tudo que eu pareço fazer
Quando eu chego ao fundo
Porque eu estou com medo de ficar sozinho
Nos rasgar em dois,
é tudo que eu pareço fazer
Enquanto a raiva desaparece
Esta casa não é há muito tempo um lar

Não desista de um sonho
Não se renda à carência
E tudo isso é verdade
Não desista de um sonho
Não se renda à carência

Porque eu quero você também
Porque eu quero você também
Porque eu quero você também
Porque eu quero você...
Porque eu quero você.

Tropeçar em você,
é tudo que eu já faço
Minhas memórias vagas
E eu estou com medo de ficar sozinho
Nos partir em dois,
é tudo que eu vou fazer
Enquanto a dor de cabeça desaparece
Esta casa não é há muito tempo um lar

Não desista de um sonho
Não se renda à carência
E tudo isso é verdade
Não desista de um sonho
Não se renda à carência

Porque eu quero você também
Porque eu quero você também
Porque eu quero você também
Porque eu quero você...
Porque eu quero você.

Porque eu quero você também
Porque eu quero você também
Porque eu quero você...
Porque eu quero você.

Cair dentro de você
é tudo que eu já faço
Quando eu chego ao fundo
Porque eu estou com medo de ficar sozinho
Nos partir em dois
Nos partir em dois
Nos partir em dois

Porque eu quero você também
Porque eu quero você também
Porque eu quero você...
Porque eu quero você
Porque eu quero você também
Porque eu quero você também
Porque eu quero você
Porque eu quero você


Aqui com você



Tanto tempo, aqui, sozinho, fiquei nesse lugar!
E via a tristeza tomando conta incontáveis vezes!
Esperei, tanto tempo! Tantas noites por você!
E agora está aqui, comigo! Talvez... para ficar!

Espero que sim!

Não sabia como reagir quando ousei te chamar!
Você tem dúvidas, eu sei! Eu causei isso!
Você mostra isso cada vez que te chamo para conversar!
Mas não tenho medo! Não, definitivamente não tenho!
Se voltei, foi para provar, que aqui comigo, só você tem lugar!

Acredite nisso!

E agora te chamo para ficar ao meu lado!
Para olhar com os mesmos olhos que vejo esse mundo girar.
Por que? Por que não quero outra, que não seja você,
para nessa vida de mãos dadas andar!

Você!

Por isso te chamo novamente! Venha!
Para sentar nesse banco que muitas só fiquei a te esperar!
Em tempos frios, quentes, de sol ou de chuva!
Mostrando ainda, que estou aqui por você! E por você eu vou lutar!
Venha!

Desejo! Sonho! Amo! Tenho esperanças! 
Ainda acredito em você!

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

O cavaleiro, parte 12: Sangue e glória



O cavaleiro rapidamente parte para cima daquele que o está impedindo de prosseguir com sua missão! O Cavaleiro negro avança em silêncio, deixando a música da sua lâmina cortando o ar falar por você! Você pode ver toda a vida emanando do cavaleiro a cada golpe, a cada grito de raiva. O silêncio da vida com apenas o barulho da armadura velha se ouve vindo do Cavaleiro negro. A ausência de emoção, deixando apenas essa marionete guiada por forças maior, impedir o cavaleiro de completar sua jornada. É a maior batalha enfrentada pelo cavaleiro. Cavaleiro de glórias! Que marchou em violentas batalhas! Foi para o inferno e voltou! Ele não sabe o que é ter mais medo! Ele acredita novamente no que busca, e isso completa ele, assim como o dia se completa com a noite. O cavaleiro avança, golpeando mais e mais forte seu oponente! O Cavaleiro negro parece pouco se importar. Muito menos se cansar com cada golpe agressivo que o cavaleiro possa dar! A floresta aos poucos vai sumindo com os cavaleiros cruzando nessa batalha o lugar. E um castelo ao fundo aparece! E é o lugar que a voz chama o cavaleiro para lá estar. O cavaleiro percebe isso! E continua avançando aumentando mais e mais sua fúria. Mais e mais sua determinação e força de vontade. O Cavaleiro negro aos poucos recua! Não por estar perdendo. Mas querendo ver realmente o que esse amor do cavaleiro pode causar. O cavaleiro está tomado pela força de vontade que os heróis de antigamente tinham em seus contos. E quase em frenesi, o cavaleiro avança gritando: "Saia do meu caminho, cavaleiro abissal! Nada irá me parar nessa jornada que ouso enfrentar!". O Cavaleiro negro em um silêncio cadavérico continua se defendendo. Dançando mimicamente a cada passo que o cavaleiro faz para lutar. Qualquer movimento feito pelo cavaleiro é copiado por seu inimigo. A fúria do cavaleiro aumenta a cada golpe defendido! A cada passo dado em direção ao castelo, que a voz continua a chamar. A batalha está sendo de um atacando e outro se defendendo. O Cavaleiro negro em silêncio dança com sua espada em combate. A cada movimento dado, o canção da espada ecoa pelo lugar. O cavaleiro está cansando! Sua vontade poderia desafiar até os deuses! Mas seu corpo faz dias que está sendo exigido arduamente, e isso pesa para continuar. O cavaleiro sabe disso, mas tira desse amor forças para dar mais um golpe, mais um passo em seu objetivo. Sem pensar, sem questionar. Ele busca a glória nessa luta que ele sente e acredita poder realizar. A cada golpe, a voz penetra mais e mais no seu coração. Mas ele está no seu limite! Como matar algo já morto? O cavaleiro pensa! Eis então que ele se ajoelha exausto! E ultrapassando o limite que um corpo pode aguentar! O cavaleiro negro finalmente abaixa a guarda e solta sua mórbida voz: "Finalmente enxergou seu limite! Você jamais irá passar! Eu sou seu medo! Eu sou sua fraqueza! Eu sou a sombra que você sempre tenta iluminar!". O cavaleiro olhar sem entender o que o Cavaleiro negro diz tentando se levantar. "Admita seus erros! Admita que errou diante desse amor! Isso o faz fraco! Isso o faz sempre questionar se será bom! Se ela confiará novamente em você!" diz o cavaleiro negro parado na frente do então ajoelhado cavaleiro. "O que posso fazer se tenho esse medo? Tento ser algo melhor! Tento acertar, mas sempre sou visto errando, sendo culpado de algo! Eu voltei por acreditar, e mesmo assim sempre questionado vou estar!" gritando com o último fôlego que tinha! "A questão não é tentar ser melhor! É tentar ser você mesmo!" ... ... ... "Eu sei que não sou perfeito! Eu sei que errei muito nessa jornada por esse amor! Mas estou aqui por realmente amar! Sinto muito por não ser o que não posso dar!" diz o cavaleiro quase chorando! " Ai que você se engana cavaleiro! Com isso que você acabou de dizer, você provou exatamente o que precisa para continuar!" E aos poucos a figura mórbida do cavaleiro negro começa a desaparecer no ar. E as portas do castelo começam a se abrir lentamente. O cavaleiro sem forças, lentamente vai se erguendo, e começa a caminhar para dentro do castelo seguindo a voz. Ele avança pelos corredores e escadas do castelo, até chegar em um quarto. Ouvindo os sussurros em seu ouvido ele para diante de uma caixa. E ao abrir, começa a ouvir uma canção! A canção vinha da caixa, mas parecia ser do seu amor, dizendo as palavras para confortar. E uma voz diz bem baixinho no seu ouvido: "Eu deixo você tentar! Não desista de me amar!" O cavaleiro vê que tem um colar dentro da caixa, e começa a sorrir e a dar risada... e essa felicidade começa a dar cor no lugar! A dar vida nessa região escura por uns segundos. O cavaleiro segura bem forte o colar e olhando pela janela do velho castelo, ele ouve ela chamar... e sabe que essa jornada para conquistar seu amor, apenas está por começar...

Posso tentar



Inimagináveis momentos, em inimagináveis mundos, com você quero estar!
Vendo as possibilidades de um amor acontecer e continuar.
Em diversos momentos, em diversos tempos, uma vida feliz! 
Sempre... sempre com você vou arriscar!

Uma vida que errei, perdi e agora corro novamente acertar!
Um momento mágico! Um momento que a vida nos faz enxergar,
ver que vale a pena, e querer estar!

Vejo novamente você! Aqui comigo! 
E por mais que pareça estranhos íntimos. Vejo que tenho um lugar com você!
Um lugar que preciso fazer merecer! Mostrar que realmente estou aqui por você!
Para você me olhar novamente, e dizer que posso ficar!

Vejo o tempo que fiquei longe, e me vejo tão perto!
E nem tentativas e mais tentativas de estar em outro lugar,
fizeram esquecer, que com você, em casa me sinto bem e quero estar!

Sinto seu abraço! Seu calor e estou sem reação!
Quero te segurar e não soltar! Mas espero você dizer que posso ficar!
Eu te amo, meu amor! E estou aqui para acertar!
Basta você deixar!

Mostre-me sua felicidade e me deixe tentar!
Posso?

domingo, 28 de agosto de 2011

Filmes 30

Tudo bem com vocês?

Mais uma parte dos filmes que assisti em 2011 aeeeeee \o/ Novamente tentei dar uma diversificada nos gêneros! Tem blockbuster, filmes de ação, drama, terror. Um filme indicado que gostei! Enfim, filmes que podem agradar a todos os gostos. Sem mais demoras, vamos lá!

Lanterna Verde (Green Lantern 2011)


Sinopse:

Em um universo tão vasto quanto misterioso, uma pequena mas poderosa força existe há séculos. Protetora da paz e da justiça, ela é conhecida como a Torpa dos Lanternas Verdes. Uma irmandade de guerreiros designada a manter a ordem intergalática, na qual cada Lanterna Verde possui um anel que lhe garante superpoderes. Porém, um novo inimigo chamado Parallax ameaça destruir o equilíbrio das forças do universo e o destino dos guerreiros e do planeta Terra estará nas mãos do seu mais novo recruta, o primeiro humano a ser selecionado para a Tropa: Hal Jordan (Ray Reynolds).




Era dos Dragões (Age of Dragons 2011)


Sinopse: O ambiente é hostil, o céu é um inimigo cruel e predadores alados amedrontam a face da Terra, cuspindo fogo. Em meio a neve e a neblina, um pequeno grupo de aventureiros e caçadores embarcam em uma incrível jornada liderada por um capitão atormentado e obcecado por vingar-se do maior dos dragões. Enquanto lutam para continuarem vivos em uma terra distante e ameaçados o tempo todo por essas criaturas impiedosas, eles estreitam laços e descobrem que o passado pode aproximá-los ou dividí-los. Clássico de Herman Melville, o romance Moby Dick, é recriado em um mundo onde o capitão Ahab e sua tripulação buscam pelo grande dragão branco.


Meu melhor inimigo (Min bedste fjende 2011)


Sinopse: Cansado de ser humilhado pelos garotos da escola, Alf decide tomar medidas contra aqueles que o atromentam. Alia-se a um colega e , juntos, firmam um pacto secreto. Inspirados nas lutas de Niccolo, herói de uma revista em quadrinhos, os dois desafiam os mecanismos de poder da turma.


Shadow - Na escuridão (Shadow 2011)

Sinopse
: Um soldado retornando do serviço obrigatório no Iraque parte para uma aventura de mountain bike nos Alpes para esquecer seu cansaço da batalha. Na floresta ele encontra uma bela jovem estrangeira que conta para ele sobre um local onde teria sido um campo de experimentos nazista. Depois de se confrontarem com caçadores, o casal se refugia num bunker abandonado onde o soldado é forçado a suportar o pesadelo mais devastador que as experiências medonhas do  Iraque.


Lanternas Vermelhas (Raise the red lantern 1991)

Sinopse: China, ano 1920. Com a morte do pai e consequente empobrecimento da família, Songlian, uma jovem universitária é pressionada pela madrasta a se casar e se tornar a quarta esposa de um homem rico e poderoso que ela nem sequer conhece. De repente, ela se vê sozinha em uma casa onde as tradições seculares são seguidas como um a lei por seu marido e todos que a habitam. Uma das mais importantes regras é as lanternas vermelhas. A esposa escolhida pelo senho da casa para pasasr a noite tem a lanternas de sua casa acesas e recebe tratamento privilegiado por toda a criadagem.


E esses foram os filmes que completam a parte 30. Quem assistiu algum deles, por favor, comentem e assim podemos participar e falar mais a respeito deles para assim, deixar alguém interessado ou não rs

Infelizmente não estou postando sobre quadrinhos! Não tem o que falar por que não li nada. Uma pena!

Abraços e beijos. Fui! \o

Nesse luar




Com você, somos únicos!
E não terá  obstáculos que nos faça parar!
Veja, podemos ainda sonhar! Acreditar!
Correr ainda por esse mundo ouvindo uma canção
sem ninguém questionar! Vamos!?

Só temos que nos unir, sem deixar de confiar!
Para quem sabe um dia estarmos abraçados,
vendo as estrelas e a linda luz do luar!

De mãos dadas. Eternos apaixonados!
Sem exigir nada que não podemos realmente proporcionar.
Sabendo nosso limite, nossa vida juntos!
Nosso poder para aceitar as diferenças. Nossos erros!
E juntos alcançar um ideal. Um sentido para estar aqui
e com o amor nos tornar um só!

Me abrace amor! 

Me abrace com todo o carinho que tem por mim!
E prometa olhando em meus olhos, e não ir sem ao menos tentar!
Venha, vamos dançar! Ouça a música que o amor fez em nossos corações!
Deixe, e em cada movimento juntos a música levar!
Vamos, me abrace! Me conduza! Me seduza!

Vamos viver antes da noite acabar!

Me abrace! Me beije! Me aceite!
E diga, que está aqui! Por que você deseja me amar!

Deixe o luar nos dar esperança e fazer esse amor ficar!

sábado, 27 de agosto de 2011

Bastion

Várias fases para explorar! Ganhar xp e procurar por armas!
Hoje foi falar de um jogo que tem realmente encantado em todos aspectos possíveis! Estou falando do jogo chamado Bastion! É um RPG de ação produzido pela Supergiant Games e distribuído pela Warner. O jogo é para PS3, X-Box 360° e PC. Ele conta a história de Kid, que está em um mundo destruído, e tem que construir novamente tudo. Ele vai avançando por fases coletando itens para isso. Conforme vai avançando, vai ganhando experiência, armas, skills como um rpg normal. Mas com uma ação que rola suavemente por cenários lindos e cheios de desafios. Sendo o primeiro jogo do estúdio, ele foi muito bem vindo ao meu ver!

A jogabilidade de Bastion me deixou muito feliz! É um jogo de simples acesso para qualquer pessoa. Comandos simples, muitas armas a disposição. Uma história que flui naturalmente com a voz que conta a história. Graficamente é um jogo muito bonito e uma coisa interessante é que a fase vai se formando conforme vai prosseguindo! Achei muito legal isso. Dá uma sensação de ação contínua, como um filme! O clima de isolamento também foi algo que chamou a atenção também! Você sozinho em um mundo devastado, tendo apenas a voz daquele que conta a história ao seu lado. Aquela sensação de que tudo está perdido e você tem que continuar. Com esperança! Achei muito legal o jogo.

Um mundo para construir conforme vai pegando itens pelas fases!


Vale a pena! Muito bom o jogo!

Meu lugar



Sabe quando desejamos estar em algum lugar,
principalmente calmo, alegre. Que nos transmita paz?
Um lugar onde mesmo nas idas e vindas da vida,
quando voltamos, estamos seguros que esse é nosso lugar?

É... procuramos um lugar assim!

Um lugar onde o medo está sempre lá!
Mas acompanhado sempre da sua vontade de querer superar!
Um lugar onde somos desafiados dia e noite sem parar!
Lugar onde vemos a felicidade voando de um lado para o outro,
e sempre tentamos voar para alcançar?

Busca um lugar assim, não é?

Onde  sabemos que a cada erro, a cada esforço,
somos realmente visto da maneira como somos!
Um lugar para tentar! Para acreditar! Para amar!
Um lugar que mesmo quando estamos sós, 
estamos ao lado de quem queremos estar!
Pensando sempre em nunca mais deixar!

Eu tenho um lugar assim! 

Um lugar que me conforta!
Me da alegria! Esperança! Que mesmo nas dificuldades
estou lá, buscando sempre melhorar! Conquistar!
Um lugar que confio minha segurança! Meus sentimentos!
Lugar lindo, que sempre me encanta só de olhar!
Lugar que se importa se estou ou não! Se vou ou não!
Que mostra o que realmente deseja, mesmo se machucar!

Eu sempre desejo estar aqui! Na alegria e na tristeza!
Por que aqui, é que sempre vou tentar ficar!
Sabe que lugar é esse?

Esse lugar é ao lado de quem amo!
No coração de quem amo!

Por que só aqui, nesse lugar, é onde meus sonhos vão se realizar!
E nessa vida amar!

sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Temporada

Finalmente vai começar o campeonato italiano nesse fim de semana! E estou com uma boa expectativa em relação ao meu time, Milan na temporada! O Milan já conquistou 2 troféus e nem começou pra valer mesmo a temporada. Conquistou a Super Copa Itália em cima da Inter de Milão por 2-1 e o Troféu Luigi Berlusconi contra a Juventus por 2-1 também! Isso é ótimo! Começar a dessa forma só faz animar mais ainda a expectativa dos torcedores para o ano todo! Ontem teve o sorteio das chaves da Copa dos Campeões (Champions League), e o Milan caiu no grupo H. No grupo tem o poderoso Barcelona, que pelo que vem apresentando é um dos favoritos para mim, junto com o Milan claro! BATE Borisov e Viktoria Plzen. Não conheço nada sobre o Bate Borisov e o Viktoria Plzen. Geralmente times do leste europeu sempre dão um trabalho. Não é um grupo difícil de se passar digasse de passagem, mas não podemos vacilar! Nesse final de semana começa a Serie A. Estou ansioso de verdade na expectativa de uma boa temporada do Milan! O Milan encara na primeira rodada o Cagliari fora de casa! Jogo chatinho, tem que começar bem para não precisar de pontos futuramente. Os times se reforçaram, isso pode trazer um equilíbrio na competição. E o Milan demonstrou no combate entre as dois principais rivais ao meu ver que pode fazer bonito e sair campeão novamente! Fiquei chateado com a saída do Pirlo para a Juventus! Mas isso já era praticamente certo desde a metade da temporada passada já. A manutenção e permanência do Seedorf eu vi com bons olhos! Para mim ele foi o responsável direto em levar o Milan ao título passado. Excelente jogador e que joga para o time que é o principal! Ibrahimovic, Pato e Robinho tem tudo para dar certo no ataque pela competência dos três (Só não jogando o que vem jogando na seleção que beleza). Ainda acho que o Milan tem que achar um substituto para a lateral direita e o meio-campo como armador! Bonera e Zambrotta para mim já deram o que falar. São ótimos marcadores, mas não são jogadores de apoio! Estou na expectativa do Kaká voltar. Mas não estou vendo ele com bons olhos no esquema que o técnico Allegri. Veria o Ganso ou o Hernanes resolvendo o meio-campo do Milan. Mas os dois estão indisponíveis no mercado! Mas de boa... mesmo sendo da rival, um Sneijder no time, pqp! Gosto muito do futebol dele! Estou vendo como uma temporada positiva já pela manutenção que está tendo na equipe. Buscando jovens e mantendo os   mais experientes para continuar com uma equipe forte. Forza Milan!

E para aqueles que não viram os gols, aqui está novamente os videos da vitória na Super Copa e no Troféu Luigi Berlusconi!

Milan 2 -1 Inter (Super Copa Itália)


Milan 2 - 1 Juventus (Troféu Luigi Berlusconi)


Golaço do Boateng e do Seedorf!!!! Gols em um que considero um dos melhores goleiros atuais ainda, Gianluigi Buffon!!
O melhor goleiro que existiu para mim é esse aqui, o dinamarquês Peter Schmeichel!!!!! Incrível ele!!!!!


Vamos torcer que a temporada promete! Avanti Diavolos! Forza Milan!

Preciso



Podemos fazer ser verdade, sem desistir!
Não me deixe tão distante! Mantenha perto! Bem perto!
Para não escapar dos seus olhos, nem das suas mãos!
Para que nenhum obstáculo esteja entre nós!

Me dê sua mão, para assim nunca mais soltar!

Sem brigas! Sem nos machucar!
Deixe apenas a conversa, o rumo tomar!
Sem meias palavras! Meias verdades!
Aqui estou para tentar te conquistar!
Sendo eu! Apenas eu!

Essa é a hora certa de acreditar no amor!

E nesse tempo que se passou.

Cresci! Fez amadurecer o sentimento.
E ver que mesmo com minhas idas. Eu voltei! Para você!
Apenas para você!

Vamos, me dê sua mão! Juntos... agora... sempre...

Prometo não soltá-la! Muitos menos sufocá-la!
Deixemos viver e mostrar um para o outro que podemos amar!
Na mais completa diferença! Na mais completa presença!
O amor irá mostrar, que estamos juntos! E nada nos fará soltar!

Eu preciso de você!

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

O cavaleiro, parte 11: O cavaleiro negro



Desde que decidiu seguir o caminho do seu coração, o cavaleiro esperou por um sinal que o fizesse levantar e continuar sua busca pelo amor que tanto ousa amar! Nesse momento em silêncio buscando uma resposta, ele ouviu sussurros de uma voz que nunca deixou o tempo calar. Era sussurros de amor! Do seu amor chamando pelo seu nome. Uma voz que aquece sua alma, e o faz mais vivo do que jamais pudesse estar! Desde sua volta do inferno, vivo novamente depois de ter cometido o pecado de se matar, o cavaleiro pensou que sua alma jamais pudesse ser achada novamente. Mas nesses sussurros ele descobriu que ainda tem uma. E o que realmente mais o deixou feliz... ele ainda ama! Subindo em seu cavalo ele parte de forma que parece ser sem rumo. Mas no seu coração, os sussurros o puxam como se estivesse amarrado! Ele cruza por regiões... estações... os lugares mais inóspitos apenas sendo conduzido por uma voz. O cavaleiro está dias sem parar nessa jornada! Com esperanças de encontrar novamente quem tanto deseja encontrar nessa vida. A viagem é longa, até chegar na mais escura das florestas! Uma floresta perdida no tempo, perdida na vida! Onde quem ousasse entrar, jamais voltaria o mesmo! Ele não tem medo do que pode ter dentro dela. Ele veio tão longe para finalmente encontrar seu amor, que do céu ao inferno, do inferno ao céu. Deuses e demônios ele desafiaria por seu amor! Aos poucos ele vai entrando, e se perdendo na completa escuridão! Nada pode se ver, nada pode sentir! Ele sente mais a morte ao seu lado do que quando andou pelo inferno! O cavalo hesita aos poucos continuar, ele sente o medo... chegando mais e mais próximo. O cavaleiro é tomado pelo toque da morte acariciando seu coração, sua alma. Instintivamente ele pega sua espada. Esperando o pior. Ao fundo da escuridão ele começa a ouvir uma risada que vai aumentando a cada segundo que se aproxima. E enxerga o vulto de um cavaleiro e seu cavalo. Que mostram a marca do tempo, da morte em seus corpos. O cavaleiro está sem reação, se ataca ou não. E antes de tomar uma decisão, ele ouve uma voz que o faz tremer por completo: "Você não pode continuar! Aqui não é seu lugar!". O cavaleiro continua estático diante do cavaleiro que está na sua frente... negro... morto... exalando o medo e a tristeza pelo lugar! O cavaleiro negro continua imóvel na sua frente, murmurando palavras em seus ouvidos: " Muito tempo se passou! Por que quer voltar para o começo de tudo? Vale a pena lutar por ela?". O cavaleiro fica em silêncio por um momento... e a única coisa que ele consegue responder, que vem do único lugar que poderia dizer realmente o que precisa dizer, ele diz sem medo: "Do fundo do meu coração, SIM!". O cavaleiro negro não demonstra nenhuma reação nas palavras do cavaleiro, como se já soubesse o que iria ouvir. Ele tira sua espada se preparando para atacar, e diz : "Mostre merecer a vida que tanto quer amar, cavaleiro!"

A batalha começa...

Estamos aqui



Um dia! Um momento! Um segundo! Nesse lugar!

Nesse tempo que você fez tanta falta, abraço você!
Pagando pelo erro de ter perdido você! Perdi?
Seguro como se nunca mais fosse perder. Sentindo seu calor. 
Seu corpo. Aperto mais forte em meus braços!
Não respire! Não largue! Deixe... viva novamente em mim.

É muito tarde para nós?

Olho em seus olhos encontrando um amor que nunca quis deixar escapar.
E encosto meu rosto com o seu, deixando o silêncio dominar.
Sentindo você! Suas mãos! Sua boca!
Como senti falta disso! Deixe o tempo parar!
Deixei o tempo perdoar e fazer o amor dentro de nós voltar!

Não sente o amor voltar?

Veja a chuva lavando os pecados! Nosso mundo!
Um mundo que nunca deixamos acabar!
E escute do fundo do seu coração tudo que sinto por você! 
Ouças minhas palavras! Aqui, tão perto um do outro.
E diga como é possível estarmos assim.

Não me deixe ir! Não deixe esse amor acabar!
E diga aquilo que nunca devíamos deixar de falar...

... amor...

quarta-feira, 24 de agosto de 2011

Hybrid Reverie - Alexander Maximum

Hybrid Reverie é uma história que escrevi a muito tempo atrás, que conta a luta da humanidade contra seus próprios erros. É uma história que aborda muito o que somos! O que podemos se tornar! O que a ambição nos faz buscar! E o principal para mim, que a vida, é de todos! E não capricho de alguns! Uma história que fala como o ser humano atinge medidas desesperadas para sobreviver... que até a alma vendem! Vou falar sobre um dos personagem destaque da história. Ele seria do grupo humano! Falaria resistência, mas como vocês irão ler, ele não tem nada de bom nessa história. Ele seria praticamente o médico e o monstro!

Alexander Maximum

Alexander Maximum se intitula como o salvador da humanidade! Ele busca uma solução para que a raça humana sobreviva depois da destruição causada pela 3° Guerra Mundial. A Terra está em colapso. A guerra custou muito caro no processo evolutivo do planeta. Muitas coisas que poderiam ser achadas em abundância, estão extintas, e isso fez com que a população fosse reduzida num verdadeiro genocídio em escalar inimagináveis. Os poucos sobreviventes estão vivendo em pequenas cidades pelo globo que ainda tem condição de vida. Mas o consumo exagerado e desenfreado dos seres humanos colocam em risco a sobrevivência da raça. Alexander, um dos grandes, ou então o maior gênio vivo da atualidade, começou a buscar uma forma de suprir as necessidades básicas do ser humano, para que assim a raça pudesse sobreviver. A principal, ou talvez mais importante de todas, é a quase total falta de luz solar! A guerra biológica e nuclear causaram danos extremos no nosso sistema, e as nuvens causadas por esses dois componentes criaram uma barreira quase impossível de se eliminar no planeta. Alexander é uma pessoa extremamente orgulhosa do que é e arrogante para ouvir outros! E começou a fazer testes com cobaias humanas buscando meios de conseguir achar a próxima etapa da evolução. Fez experiência com todas as possibilidades possíveis, até que na experiência n° 31.220.979-C, criou a experiência que seria a sua maior criação! Criou um híbrido da fusão de genes humanos com genes de morcegos, acreditando que com isso, acabasse com a necessidade da luz solar na vida humana. E chamou a experiência de Kain!!!! Ele tentou criar outros, mas sem sucesso. Kain era a obra prima do seu criador! Mas Alexander não sabia com o que estava mexendo! A cobaia Kain era imprevisível! E um de seus testes a cobaia acabou se soltando e atacando a equipe de cientistas. Muitos morreram no ataque, e o seu filho, Anthony Maximum foi ferido gravemente! Kain fugiu, e Alexander prometeu caçá-lo pelo resto de sua vida! Anthony foi levado para tratar se seu ferimento, e os médicos disseram que ele não teria salvação. Alexander sabia o que poderia salvá-lo, e seu filho se tornou o n° 31.221.785-C. Alexander viu o que mais amava, se tornar o que mais odiava! E para não matar seu próprio filho, ele o soltou na noite! Arrasado, ele abandonou o projeto "Nova Era". Com os anos, os híbridos começaram a aumentar em uma escala assustadora. E Alexander viu que tinha que acabar com isso. E novamente usando seu intelecto, começou um novo projeto... o projeto " Mão de ferro". Começou a criar homens... máquinas... no que ele chamou de a verdadeira etapa da evolução. Igualou a balança contra os híbridos. O cibernético Scott Marshall ( Whirlwind), Celicia Leyer e o robô Bellicus se tornaram a voz de Alexander e seus generais para o que sobrou no mundo. E sua arma contra Kain pela dominância dessa nova era que se formou... 

"Não importa os meios, desde que os faça!" (Alexander Maximum)

Acompanho



Tento acompanhar seus passos silenciosamente.
Admirando aquilo que um dia esteve tão próximo de mim!
Encantado com seus movimentos! Com seu corpo!
De olhar mais uma vez para você!

Espreito pelas sombras imaginando-a em meus braços!
Em meus lábios! Mostrando que não caí! Não esqueci!
Vendo a vida cruzar diante de meus olhos! Do meu amor!
Tentando segurar você no coração, na alma!
Quero chamar seu nome. Correr até você! Muito!

Mas tenho medo!

Meus desejos queimam por você, meu amor!
E vê-la tão perto, mas tão distante! O que será que pensa?
O que a faz dançar assim? Como queria estar com você!
Seria tão fácil ir embora! Mas não! Sempre estarei por aqui!
Talvez sente o mesmo! Ah... quem sabe!

O que vou fazer? Eu quero chegar até você!
Dizer o quanto faz falta! O quanto significa para mim!
Acompanho seu ritmo, tentando sincronizar os movimentos.
Conhecer! Distante, com medo de você fugir!

Sussurro palavras de amor esperando chegar até você!
Lembrar! Querer! Acreditar!

E respirando bem fundo! 
Conto até 10 para chegar em você!

Vou acompanhando seus passos!
Esperando te alcançar!

terça-feira, 23 de agosto de 2011

Contos de Holidom - Trechos da história



Quando  ocorreu a guerra entre o céu e o inferno, ninguém esperava que ela tivesse tanto efeito nas gerações futuras. A guerra foi entre os deuses de Hi´na, lar dos deuses, um lugar de difícil acesso e onde esta localizado o Templo das Cirets, o oráculo dos deuses; contra 3 semi-deuses que acreditavam que fossem a hora deles de governar o mundo, dos então velhos deuses. Toda a terra tremeu! Os deuses lutaram pela sua supremacia diante dos então, rebeldes semi-deuses. A guerra durou de 4746 até 320 anos do período dos deuses. A guerra foi cruel com seus todos os mortais que presenciaram tal acontecimento. Muitos heróis dos dois lados acabaram caindo na então ambição deles. Tudo foi destruído não restando nada. E acabou, depois de milhares de anos, com a derrota dos 3 semi-deuses pelos deuses. E como punição os 3 foram mandados para o inferno, na região chamada de Nigis para eternamente viverem lá. Eles acabaram se tornando então os 3 governantes de todas as criaturas dessa região infernal. São eles Cehist, Has´tharot e Bael; que juraram retornar para se vingar dos deuses e por fim,  por caos em tudo. A guerra entre os deuses e os semi-deuses rebeldes teve um momento crucial. Que foi quando Saga, o Deus guerreiro, entrou em combate. A armadura de Sagan foi feita em uma era antes mesmo dos deuses nascer. Ela contêm toda a energia da terra, que nem mesmo os deuses poderiam controlar. Ninguém sabe quem foi Sagan. Mas que ele fez com que a balança do equilíbrio pesasse para os deuses, fez. E com isso derrotou todo o exército dos semi-deuses e restaurou a paz naquela era. Mas isso custou caro! Sagan acabou se sacrificando para derrotar os semi-deuses. Os deuses de Hi´na, comandado por Eril, deus supremo, decidiram então esconder as partes da armadura pelo planeta, para que então aquele poder supremo, nunca mais fosse utilizado. Esse ato, deu fim ao período dos deuses (4746 - 0). Não sabem quando realmente começou o período dos deuses, por isso começaram a contar ela pelas fontes de estudo da guerra entre o céu e o inferno. Depois do fim do período dos deuses vem então, o período da Ascenção.

O período da Ascenção foi logo após o fim da guerra do céu e o inferno. E durou apenas 2900 anos. E foi a era de nascimento para todas as cidades destruídas pela ambição dos deuses. Mas algo trágico aconteceu e novamente uma guerra de proporção épica aconteceu. Os humanos temendo novamente uma guerra entre os deuses, decidiram procurar a então lendária armadura de Sagan. Alguns temendo a ira dos deuses decidiram lutar contra esses que desejam a armadura e começou a guerra dos 1000 anos (1747 até 2747). Muitos reinos foram destruídos novamente e temendo que os mortais conseguissem a armadura, os deuses decidiram então esconder elas em lugares mais difíceis de entrar, com cada uma sendo guardada pelos seres mais poderosos do planeta. Os 5 lendários dragões e seus guardiões. Depois da inútil guerra, novamente os reinos tiveram que reconstruir tudo novamente. E desde então, juraram nunca mais tentar ter posse da armadura de Sagan. Vendo que ela só trouxe desgraça para todos os seres vivos. Mas algo inesperado aconteceu. Harel, fundador de York Geid morreu aos 770 anos em 2838. Ele era um dos principais líderes desse então novo período de paz no mundo de Labugah´. Ele lutou várias guerras pelo lado do justo e isso fez com que York Geid recebesse o nome de cidade da luz. Poucos anos antes de morrer, viu o nascimento de seu filho, Geid Hengist que acreditava que se tornaria seu sucessor na linhagem dos reis justos. Mas devido a pouca idade, acabou passando a coroa para seu grande amigo, o conselheiro Guilian, que teve a missão de preparar Geid para quando estiver pronto, se tornasse rei. Guilian, seguindo o desejo de seu amigo, governou seguindo os ideais de justiça York Geid. Foi um rei justo e procurou sempre evoluir para continuar tendo o nome de cidade da luz. Mas acabou morrendo de forma inesperada e inexplicada. E seu filho, Chronos, subiu ao trono por que Geid não estava pronto ainda. Ele prometeu, assim como seu pai, que quando estivesse pronto, passaria a coroa para ele. Começa aqui, o perído das trevas.

Quando se tornou senhor de York Geid, Chronos mostrou ser totalmente o oposto de seu pai. Com força e poder, comandou York Geid com tirania. Transformou a cidade conhecida como a mais justa de todas, em uma cidade de trevas. Quem fosse contra seus desejos, era severamente punido com a morte. A cidade começou a praticar estranhos cultos. E a magia que então era praticamente nula, agora era obrigatória. Mas apenas poucos selecionados tinha o direito disso. Ele aboliu todo o tipo de conhecimento que não fosse aquele que ele seguia. Foi proibida a adoração dos deuses e de qualquer outra religião. Todos os livros foram queimados e bibliotecas destruídas. A única palavra que tinha que ser ouvida era a dele. E assim ele começou a formar um exército numeroso. Prometendo riquezas, atraia mais e mais seguidores e se tornou uma cidade bélica em questão de poucos anos. Começou a ser temido. E se tornou um problema para as cidades vizinhas. Declarou guerra a todo o mundo de Labugah´ e para isso, decidiu buscar a maior arma já criada. A armadura de Sagan. Suas ambições, ainda estão obscuras. Mas é daqui que começa nossa história...

Filmes 29

E ae.... beleza?

Mais um post sobre filmes! Como sempre digo o mesmo clichê de sempre. Esses filmes postados são filmes inéditos para mim! São filmes que estou vendo pela primeira vez. A maioria é de 2011 claro! Mas sempre que vejo um interessante antigo, que não tenha visto, acaba aparecendo por aqui também! Então, sem demoras vamos para os filmes da parte 29:

Planeta dos macacos a origem (Planet of apes origins 2011)


Sinopse: Will Rodman (James Franco) é um jovem cientista que trabalha em São Francisco dos dias atuais com engenharia genética para o tratamento de doenças. Mas uma de suas cobaias, um macaco super inteligente chamado Ceasar (Andy Serkis), inicia uma rebelião após ser traído pelos humanos.


O Zelador animal (Zookepper 2011)


Sinopse: Griffin Keyes, um bondoso zelador do Franklin Park que decide que a única saída para conseguir uma garota em sua vida é deixar o zoológico e encontrar um trabalho mais glamoroso. É quando os animais, em pânico, decidem quebrar seu código de silêncio e revelar seu maior segredo: eles podem falar! Para afastar Griffin da decisão de partir, eles decidem ensiná-lo todas as regras do namoro - no estilo animal.


Jogos de assassinos ( Assassination Games 2011)


Sinopse: Assassinos rivais, cada um dos 2 mestres em suas respectivas armas, formam uma inesperada aliança na sua missão de acabar com um cartel de drogas apoiado por agentes corruptos do DEA.


Premonição 5 (Final Destination 5)


Sinopse: A Morte está mais onipresente do que nunca, e inicia seu ataque após a premonição de um homem salvar um frupo de colegas de trabalho de um terrível colapso em uma ponte suspensa. Mas este grupo de almas inocentes não deveria sobreviver e , em uma aterrorizante corrida contra o tempo, o grupo tenta freneticamente descobrir uma maneira de escapar dos planos sinistros da Morte.


Com amor... da idade da razão (L´âge de raison 2011)


Sinopse: Quando faz 40 anos, Margarida, uma mulher de negócios, recebe uma carta que ela mesma escreveu quando criança. O intuito é refrescar a memória da quarentona sobre as promessas que ela fazia para si, para no futuro, relembrar dos planos que fazia.


E esses foram os filmes da parte 29 que assisti! Caso tenham assistido algum deles, comente! Assim podemos interagir mais um pouco falando a respeito deles.

Abraços e beijos. Fui!

Sendo apenas eu



Quando chega um momento do presente, onde o passado cruza o caminho. 
Eu vejo você!
E por mais que a razão tenha feito eu fugir por um tempo do que sou!
Eu procuro sempre as lembranças de um momento que vivi!
Me sentia especial da forma mais plena possível! E amei!
Os dias passam, mudamos para nos proteger. Eu fiz isso!
Mas nunca esqueci um momento sequer de quando sentia você perto!
De sentir meu coração acelerando a cada manifestação sua!
De cada medo repentino que tive com as idas e vindas.
Pude ver como realmente era eu em um momento feliz!
Fugi! Procurei ser forte para não me machucar. 
E acabei machucando quem prometi nunca machucar!
Mas a cada dia por trás dessa máscara, eu chorei!
E me escondi em falsos sorrisos de felicidade e esquecimento.
A cada agressão dita! A cada juras de não te amar,
meu coração sabia a verdade! Sim!
E a verdade é que nunca esqueci de te amar!
Sempre pensei em ti, onde pudesse estar!
E a cada rosto. A cada tentativa de esquecer isso.
Sempre... sempre provava que só uma pessoa terá esse lugar!
Que muitos dizem querer estar...

E esse lugar, para mim, é ao seu lado!
Que um dia, eu falei amar!

segunda-feira, 22 de agosto de 2011

O cavaleiro, parte 10: Com o coração



Algumas semanas se passaram desde que saiu dos portões do inferno. E o cavaleiro está em uma jornada com seu cavalo rumo ao sul, para se preparar para sua jornada. Sozinho, ele tem lembranças do passado. Lembranças de um momento que será eterno em sua mente. Uma história de amor, uma verdadeira história de amor que ele lembra dia e noite, noite e dia. Ele está tentando seguir a razão. Os princípios de cavaleiro! Mas não pode esquecer de quem que o fez ser o que é hoje. Ele fala com o coração! Ele sente com o coração! O cavaleiro sabe que não pode ser o que não deseja... e muito menos partir em uma aventura sem motivos verdadeiros. Ele para por um momento sua jornada, e fechando os olhos ele começa a lembrar... momento com seu amor. Momentos de verdade! Sem máscara! Não como agora que se esconde atrás de sua capa escura. Se protegendo de sentir. Ele lembra das conversas que tinha. Da forma sempre galanteadora que tinha com ela. Das risadas. Das trocas de carinho. Das palavras de eterno amor que saiam verdadeiras do seu coração! Daquele momento que nem os deuses poderiam tirar dele. O cavaleiro começa a olhar ao seu redor e vê que tudo que é hoje, não é o que ele sempre foi. Ele sente raiva... tristeza... e lembra cada traço do rosto de seu amor. Cada contorno de seu corpo que o enfeitiça gradativamente. Ele desce do cavalo sem saber mais o que seguir... razão... emoção... o cavaleiro tem sua jornada. Mas ele deseja o seu amor de volta. Ele grita seu nome. Grita mais alto seu nome! Esperando que ela ouça de onde quer que esteja. Ele não vai mais lutar para ser frio! Ele quer ser o que sempre foi... o que sempre causou admiração dela por ele. Ele sabe que não a detesta como ela pensa! E muito menos dá esse sentimento apenas por dar. Ele sente, ele vive! E as lembranças que ele trás dizem como ainda vive ela dentro dele. Ele quer lutar por esse amor. Quer dizer bem alto que tem esperança. Que ele é o que sempre foi, e não essa carcaça atual! Ele está sem reação, parado, no meio do caminho com seu coração puxando ele para outra direção. Ela pensa nele, assim como ele pensa nela. Ele está angustiado com o medo de seus atos, e se ajoelha chorando. Pedindo para que uma luz o ilumine novamente. Para que ele ouça os batimentos de seu coração, e assim ele veja que por ela, sempre existe uma razão. Ele espera um chamado... para realmente ver a luz, ou a escuridão! 

domingo, 21 de agosto de 2011

Roy Orbison - I drove all night




I Drove All Night

I had to escape, the city was stinking and cruel
Maybe I should have called you first, but I was dying to get toyou
I was dreaming while I drove the long straight road ahead
Uh-huh, yeah
Could taste your sweet kisses, your arms open wide
This fever for you was just burning me up inside



(Chorus)
I drove all night to get to you
Is that all right?
I drove all night, crept in your room
Woke you from your sleep
To make love to you
Is that all right?
I drove all night


What in this world keeps us from falling apart?
No matter where I go I hear the beating of our one heart
I think about you when the night is cold and dark
Uh-huh, yeah
No one can move me the way that you do
Nothing erases this feeling between me and you


CHORUS


To taste your sweet kisses, your arms open wide
This fever for you is just burning me up inside


I drove all night to get to you
Is that all right?
I drove all night, crept in your room
Is that all right?
I drove all night

Eu Dirigi a Noite Toda

Eu tinha uma saída a cidade estava difícil e cruel
Talvez eu devesse ter te chamado primeiro mas eu estava agonizante para ter você
Eu estava sonhando enquanto eu dirigia na estrada reta, pra frente
Uh-huh, yeah
Poderia sentir seu doce beijo, seus braços abertos
Essa febre por você estava me queimando por dentro

(Refrão)
Eu dirigi a noite toda, pra te buscar
Está tudo bem?
Eu dirigi a noite toda, rastejando em seu quarto
Te acordei do seu sono
Para fazer amor com você
Está tudo bem?
Eu dirigi a noite toda



Como esse mundo pode nos manter tão distantes?
Não importa onde eu vá eu ouço a batida do seu coração
Eu penso em você quando a noite está fria e escura
Uh huh, yeah
Ninguém pode me tirar do seu caminho
Nada apaga esse sentimento entre eu e você


(refrão)

Poderia sentir seu doce beijo, seus braços abertos
Essa febre por você estava me queimando por dentro



Eu dirigi a noite toda, pra te buscar
Está tudo bem?
Eu dirigi a noite toda, rastejando em seu quarto
Está tudo bem?
Eu dirigi a noite toda