sábado, 6 de agosto de 2011

Não vale mais...



E aos poucos tento chegar com uma melodia inesquecível até você!
Cantando bem baixinho, sussurros, até sua alma. Forte!
Tentando derrubar você, aos poucos. Sem saber onde você vai estar!
Não vejo onde acertar seu coração. Procuro!

É você? É você que importa nessa vida ?

Encosto em um canto sem saber o que fazer!
E penso em cada momento que passei ao seu lado.
Cada significado que teve estar com você! Isso é bom, acho. Talvez.
Estar entre a verdade e a cegueira que passa em meus olhos.
A sombra e luz da razão! Da emoção!

Por que ainda está aqui querida? Não foi suficiente esse fim?
É você que estará no fim de tudo?

Eu deixo você sozinha, caída em um canto!
Fazendo você pensar que não foi ainda o tempo de ir embora!
Apenas sentindo esse frio que restou no lugar!
A ausência da minha presença! A ausência que criou nosso mundo!
Você estende a mão! Mas não quero!

Não quero você ao meu lado quando for para outro lugar!
Curta seu mundo! Congelando no chão!
Até sua voz calar!

Por que tudo que você poderia valer... 
Tudo que poderia dar para você... 

...eu dei tudo para mim!

Um comentário: