sexta-feira, 2 de setembro de 2011

Não me deixe queimar!



Está tudo queimando aqui!

Com palavras que um dia eu voltasse a falar.
Aqui! Vivendo novamente essa história com você!
No calor do amor! Entre o certo e errado estamos tentando a verdade.
Onde a mentira queima sobrando cinzas. Levadas pelo vento!
Acabou o fogo?

Com dúvidas consumidas no oxigênio, deixando sem ar para pensar.
Sem ver as respostas que tanto tento mostrar!
Não me deixe ir! 

O calor me faz suar! Ou será o medo de nunca mais poder tentar?
Queria seu abraço! Suas palavras de amor no por-do-sol!
Seu toque queimando minha carne! Cauterizando minha alma!
Fazendo a combustão do nosso amor continuar!

Você realmente não vai voltar?

Começo a sentir a pele arder, queimando aos poucos.
Deixando as chamas separando eu de você, você de mim!
Me desculpando pelas marcas que ficaram dentro de você.
Que ficarão dentro de mim!

Como carregar esse amor queimando sempre assim?

Me deixe vivo, meu amor!
Sem medo de mostrar quem sou, estou aqui por você!
Deixando as chamas consumirem, os erros de um passado que não quero mais passar!
Não me deixe sem ao menos tentar!

Te amo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário