domingo, 23 de outubro de 2011

Fear Itself - O próprio medo - Final

E vamos chegando a batalha épica que vai decidir o destino do mundo! De um lado está o Serpente, irmão de Odin, Deus do medo. E o outro os heróis da Terra, que com o Capitão América liderando, investe contra os dignos do Deus Serpente na última chance de salvar a Terra.

A batalha começa e o Capitão América está na linha de frente lutando como pode contra o Serpente, seus dignos e o exército dele. Na Asgard caída finalmente Tony Stark apareceu com seu arsenal de armas criadas por ele e os anões de Svartalfheim. Gavião Arqueiro pergunta se ele trouxe milagres para a Terra e Tony disse que não viria a festa do fim do mundo sem umas lembrancinhas! Os anões entregam as armas para os heróis e o Gavião Arqueiro diz que não era essa a cavalaria que ele esperava! Tony diz que essas armas foram abençoadas por Odin e quando ativadas eles sofreriam uma transformação.  Ele disse que não poderia fazer nada para o Capitão América por que o escudo dele não tem como melhorar. O Gavião Arqueiro diz que ele e os sete anões ficaram fora por tempo demais. Tony pergunta o que aconteceu com o escudo do Capitão América e o Gavião Arqueiro explica para o Tony que o Deus Serpente destruiu o escudo do Capitão.



O Serpente está mais poderoso que nunca. Com toda a Terra alimentando ele, deixando mais e mais forte! Ele diz que o medo é o motor que gira tudo. E que está indo pegá-lo, dizendo para Odin! Para tomar o que é dele por direito! Odin lamenta a ação do irmão dizendo o que fazer com ele... Nisso corta com a guerra sendo travada. E os heróis com as armas de Odin partindo para o combate. Em meio a essa batalha, a população que está se escondendo da grande batalha, começa a criar coragem e encarar esse medo! Thor, que chegou com o Homem de ferro da Nova Asgard, parte para o confronto contra o Serpente, e com toda sua raiva ele diz que chegou a hora da profecia realizar, com o Serpente se transformando em um enorme dragão-serpente concordando com isso! A Batalha começa com Thor atacando o Serpente com o Mjolnir com toda sua força. Serpente consegue se defender do ataca com seu ataque e agarra Thor com a cauda dizendo que ele achava que seria fácil. Thor diz que esperava que fosse rápido enfiando a espada dele no Serpente, se libertando.

No meio da batalha Mjolnir cai destruindo tudo em sua volta, e arremessando o Capitão América longe com o impacto! Capitão fica meio atordoado mas é ajudado a levantar. Quando ele vê é a população que voltou para ajudar ele a lutar contra os inimigos. Ele disse ao Capitão que a cidade era dele e eles deviam defender ela , além dos Vingadores. Capitão América disse que ele sabia e que ele tem notícias para ele. Que agora todos são Vingadores, erguendo Mjolnir (nota: só os dignos podem fazer isso) e dizendo a famosa frase "Avante Vingadores!" partindo para a ofensiva todo mundo. Nisso continua a luta de Thor com o Serpente com o ele dizendo que é tarde demais para todos! Thor diz que ele não sabe nada dos humanos e do que são capazes. Nisso aparece os heróis da Terra lutando contra os monstros, exército nazista e dignos e finalmente o confronto de Pecado (Skadi) contra o Capitão América que está com o martelo de Thor. Ela diz que vai matar ele e o mundo inteiro! Capitão diz que vai levar ela com eles e o chefe dela também! Arremessando o Mjolnir que se choca com o martelo de Skadi. Dizendo que quando ela estivesse pronta para vir, por que não tem o dia todo! Thor começa a atacar com mais brutalidade o Serpente rasgando ele com sua espada e o Serpente diz que esse não precisa ser o fim deles. Perguntando por quem ele luta... por quem ele morre... um mundo que jamais irá honrá-lo e um pai que nunca disse a verdade para ele. Nisso aparece Odin na Nova Asgard dizendo que o fim está próximo e eles irão destruir Midgard ( Terra). Ele diz que a linha está escrita, e os heróis vão cair. E eles vão machar por Midgard e honrar os morto! Odin grita para guerra falando para eles marcharem para Midgard. Para a carnificina! Nisso Thor diz para o serpente "sangue de meu sangue essa noite é uma boa para morrer!" Cravando sua espada na cabeça do Serpente!

Nisso mostra os noticiários falando das pessoas lutando para viver em todo lugar. E descrevendo isso como um milagre! Odin chega, mas vê que foi tarde demais. Os dignos começam a perder os martelos que somem pelo mundo. Odin corre até seu filho Thor ... que dá nove passos e cai morto em seus braços. No outro dia aparece os heróis, na Asgard caída, erguendo uma pira para Thor. Homem-aranha diz que nunca soube que era difícil fazer uma pira para Wolverine. E pergunta onde o Capitão América está. Wolverine diz pro diabo com o Capitão. Ele quer mesmo saber onde está Odin! Capitão encontra com Odin dizendo que a pira está pronta. Odin está ao lado do seu irmão, o Serpente dizendo que ficou milhares de anos tentando salvar Thor de uma profecia amaldiçoada feita por ele. E tudo para nada. Que a profecia diz que seu filho, mataria seu irmão, e cairia junto em combate. E disse que finalmente é hora de ir para casa! O capitão diz casa? E os Asgardianos começam a ser transportados de Nova Asgard para a Asgard caída, ficando somente Odin e o Serpente na nova. Odin diz que finalmente está em casa irmão e que ali ele iria guardar ele até o fim dos tempos... terminando falando que é o protetor do irmão dele finalmente. Os asgardianos aparecem na Asgard caída e eles falam que Odin mandou para lá e selou a porta de volta... No outro dia aparece o Capitão América e os heróis indo ao funeral do Bucky, antigo Capitão América .

Tony aparece com um escudo refeito pelos anões de Svartalfheim para o Capitão. O Capitão diz para os heróis que eles vão reconstruir Asgard, a Terra inteira! Dizendo que os Vingadores irão enterrar seus mortos, lamentar as perdas e voltar ao trabalho.





E esse foi o final da saga Fear Itself. Tem alguns epílogos para as novas aventuras. Mas vamos deixar isso para depois. Eu gostei da saga! Gostei do final, tirando o fato de matarem um dos personagens que mais gosto. Enfim...  espero que tenham gostado.

Abraços e beijos... fui!

Nenhum comentário:

Postar um comentário