sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Fragmentos



E assim tento provar o quando pode lutar para esse amor realizar.
Vendo que é difícil, mas que está claramente em nossas 
faces o desejo de ter ao lado e querer tentar.
E silenciosas notas ecoam nesse quarto enquanto espera essa vida levar.

Tudo está tão vazio!

Olhando a cama vazia de amor... de sentimento...
Apenas abastecida com desejos e sonhos de um corpo que ali não está.
Você substituí por outro seu amor achando que pode mudar.
Achando que assim você pode aceitar.
Vendo o tempo passar! Vendo a vida tomando o rumo
que nem ao menos deseja conquistar.

E o vazio está aos poucos rachando seu espírito.
Colocando você em fragmentos espalhadas pelo lugar.
Querendo o que sente, mas tendo que ali na janela outro realizar.

Em pedaços! Sabendo que a única peça que falta.
Nem ao menos perto de você está!
Mas evitando-a você se distancia, sabendo que com ou sem ela
talvez pouco importe tanto esse desejo que é amar.

Vagando pelo quarto vazio, você segue as peças pelo chão, 
iluminando seus passos naquilo que você não está querendo tentar!
Você olha pela janela querendo respostas!
Querendo talvez força para poder ver de verdade, aquilo que você diz ser especial!

Ela o espera! 

Sem ao menos dizer onde está...
... para assim, esse quebra-cabeça completar!

Nenhum comentário:

Postar um comentário