sexta-feira, 7 de outubro de 2011

Únicos



Nos encontramos com corações apertados. Em um momento inusitado. Você disfarça. Ignora. Eu te encaro. Estou aqui, e agora? Explodindo em desejo, tesão, nesses corpos que se atraem... Você me beija. Eu te abraço. Forçando a primeira porta. Entro te pego contra a parede! Você diz que adora! Você me encara dizendo me faça, me prove, me devore!   Você pega no meu cabelo dizendo que domina! Beijo seu corpo deliciando cada parte que minha boca toca. Você me puxa, me olha nos olhos, morde minha boca pedindo que faça. Faço todos seus desejos! Você me completa, eu te completo. Fazendo desses corpos um corpo maliciosamente combinado em suas curvas e ritmo. Você quer mais! Eu também! E indo mais longe vamos derramando o tesão por onde passa. Derrubamos quadros, livros, cadeiras. Exalando o amor marcando nosso território. Você fica no meu colo. Pedindo para te completar. Eu continuo a te saciar. Nessa dia, que imaginávamos nunca realizar.  Eu te amo! Ela diz também me amar!

Nenhum comentário:

Postar um comentário