terça-feira, 8 de novembro de 2011

Ele veio, quando conheci você



Olhando nos seus olhos, eu desejo às vezes te ter.
Para te mostrar as coisas que poderiam ser ditas em silêncio.
Enquanto meu coração bate por você.

Você não me quer?

Não quer sentir o peso desse mundo que carrego em meus ombros
e que quero dividir tudo que ele representa com você?

Sinto você, te olhando além do que posso.  
Além de onde posso chegar com você!
Onde a vida não é mais a mesma sem você!
Olha para ti a todo instante, esperando que você me olhe também!

Fico em meu canto escrevendo cartas para você.
Sem saber para onde mandar, esperando você um dia me dizer!
Escrevendo elas em um canto escuro, onde as palavras escritas são 
tocadas com minhas mãos, esperando tocar você.
Onde tudo não é mais o mesmo sem você!

Parece ter sido ontem! Que meu coração te conheceu.
Parece ontem que você dizia acreditar. Dizia me amar.
Sem esquecer os desejos que ainda guardo forte dentro de mim.

Ah, meu amor. Como poderia ser diferente sem você?

Eu te espero olhando pela janela. Esperando que suas palavras cheguem até mim!
Acreditando de coração e alma que você não esqueceu esse sentimento que diz esquecer.
Essa vida não é a mesma sem você! E olho em todos os cantos chamando você
para voltar a acreditar e sentir aquilo que quero com você viver.

Como ser diferente? Como dizer que essa vida será a mesma sem você?
Sem enganar meu coração e meus desejos de amar você?

O amor veio na minha vida, quando conheci você!
E nada será como antes...

... por que te amo! E sempre vou te amar!

Nenhum comentário:

Postar um comentário