quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Um diário sem valor: Minha inocência

Esse bg (background) do meu blog é o Moonshadow! Um personagem que faz anos que uso o nome dele em muita coisa na net (atualmente só msn).  Ele é um personagem que teve que amadurecer em um mundo totalmente estranho, mantendo o máximo da sua inocência intacta. E diz muito sobre mim!

Eu, por mais que as pessoas hoje em dia deixaram de acreditar uma nas outras, muitas acredito por defesa própria de algo que aconteceu ou que andam vendo por ai, eu optei por acreditar que elas possam ser boas, sem te vigiar pelas sombras. E muitas coisas, mesmo que pequenas, me machucam justamente por que eu acredito, mas elas não. Moonshadow se machuca na vida pelo que é! E eu me machuco também! Não sou perfeito! Nem quero isso para falar a verdade. Mas quero ser o necessário para mim e para as pessoas que amo. E isso é tão difícil! Eu tento de verdade ser algo bom. Mostro e faço de tudo para ser algo de bom. talvez nunca seja visto assim, por causa de outros. Ou pelos meus próprios erros do passado. Mas é algo que sempre penso, é passado! Não digo para esquecer as coisas, mas não acho que o passado tenha que ser sempre visto em um presente que a pessoa possa estar realmente tentando acertar. Falo no meu caso! Não posso falar pelos outros. Mas meu presente não condiz mais pelas coisas que fiz que magoaram no passado. Eu realmente me machuquei com meus erros a ponto de voltar ao início de tudo para tentar acertar. No meu caso, o mundo estranho, não seria o meu, nem o que vivo. Mas é o que a pessoa que quero vê.  Não a culpo disso! Ele tem seus motivos que não importam aqui, para vocês lerem, mas é um mundo que ela me arrasta sem que eu faça parte dele. Pode não parecer, mas eu sou inocente quando eu falo sobre sentimentos. E é um mundo que eu, nesse tempo com ela cresci muito. Abracei muitas responsabilidades e palavras que disse. E estou procurando sempre acertar para dar motivos para que continue esse amadurecimento, que nunca termina, com ela.

Amor é uma palavra tão sagrada!  Que quando a digo, é por ser realmente algo saindo do fundo da minha alma. É algo que é eterno a cada segundo, a cada minuto que expresso esses sentimentos por ela. E me sinto às vezes incompreendido. Por que falo da forma mais clara possível disso e parece que nunca sou entendido. Isso não me magoa, mas frustra! Por que meu presente, que faço certo! De verdade por tudo que é mais sagrado faço certo, parece errado. Eu não sou da forma que pensa! Eu sinto! Choro! Grito! Sorrio! Tenho raiva! E várias outras coisas que demonstram que tenho sentimento. E a amo da forma mais linda que poderia demonstrar isso. Já digo novamente, ela não tem culpa. Mas não sou como esses pessoal que ela quer me colocar. Eu quero uma pessoa para amar! Demonstrar que me importo! Quero uma pessoa que ela olhe para mim e veja que estou lá por ela! Que estou para confortar quando ela precisa! Brigar quando erra! Que estou lá para dizer de forma sincera que pode contar comigo! Não quero comer e cair fora! Ou dar em cima de todas com ela! Eu quero uma pessoa que respeite e que possa dizer que eu amo! E nenhuma outra vai tomar o lugar dela! Nem se for miss ultra universo mais linda e perfeita do mundo. Eu quero ela por ser a pessoa que tem meu coração batendo 24h. Que é a primeira pessoa que penso quando acordo e a última quando vou dormir. Eu sei que errei no passado e agora toda vez isso é colocado na mesa para qualquer suspeita que possa ter. Mas que não é verdade! Sou uma pessoa que honra o que sinto! Não tentaria nada com ela se não quisesse realmente algo.

E Moonshadow é assim! Ele não tem medo de de mostrar o que sente, se isso é verdade! E não tem medo de lutar pelo acredita, se não tem esperanças de realizar. Eu luto por um amor que para mim, significa a coisa mais valiosa que tem na minha vida. O mais valioso sentimento que poderia ter por uma pessoa, além da minha família. Uma pessoa que está no patamar lá no alto, onde nenhuma chegou! Nem as que namorei. Por que eu confio nas pessoas! Mas elas tem que merecer estar lá. E ela mereceu isso! Esse amor que tenho por essa pessoa está maduro suficiente para ela realmente olhar e tentar viver. Para ela colher e cuidar da mesma forma que quero cuidar do dela. E nunca falei tanto sobre um sentimento assim, como falo com ela. E se falo, é por que vale a pena! E mesmo sem ela ver distante, eu faço de tudo para que ele vale a pena ela acreditar e querer ter.

Eu sou Moonshadow! Não o personagem das histórias do J. M. DeMatteis. Mas o Moonshadow que acredita que quando algo é verdadeiro, ele pode ser realizado se acreditar! E eu sei que esse amor está pronto para ela. Por tudo que passamos, eu sei de coração, que esse amor amadureceu até onde podia, que é de desejar estar ao lado dela sempre, até envelhecer. Eu sou o Moonshadow que acredita que vale a pena. Mesmo com tudo sendo contra! Eu acredito que vale a pena por simplesmente amar! E esse amor pode fazer tudo que imagina, se os dois começarem a acreditar. Sem medo de nada! Mostrando que esse sentimento que bate forte dentro de mim é poderoso suficiente para bater de frente com esse medo ou desconfiança. Mostrando aqui, sempre, que amo e ela poderia me amar também.

Tenho sonhos inocentes de amor! Que nesse mundo são sempre dizimados! Mas o meu ninguém tem poder para isso fazer. Por que ele é verdadeiro! E puro suficiente para sonhar e lutar para realizar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário