segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

Eu desafio todos vocês!



E assim os deuses punem!
Colocando em sua boca espinhos para se alimentar.
Puxando com ganchos sua carne, para você nunca escapar.
Dessas escolhas que eles dizem que nunca devemos mudar.

Assim vem os deuses, com seu orgulho e prepotência em mãos.
Punindo todos aqueles que um dia decidiram escolher por vontade própria
seu caminho, sem medo de lutar ou acreditar.

Eles tiram de você seu maior tesouro!
E o meu foi tirando quando me separam de você!
Afastando para longe aquela que mais desejo! Aquela que mais quero ao lado!
Para outro caminho. Dizendo que é assim que tem que ser, e ela cumprirá!

E eu? Eu pergunto!

Estou aqui desafiando cada passo que dou dos caprichos divinos.
Mostrando que eu sou o que escolho! Eu sou o que sinto!
Dizendo por onde passo que luto por que amo e sempre assim será!
Cuspindo aos pés dos deuses, dizendo que assim sou humano
e se precisar sofro por esse amor, mas a espero sem questionar!

Então eles quebram meus ossos!
Cortam minha carne milímetro por milímetro!
Cegam meus olhos! Perfuram meus órgãos!
Poluem minha mente!

E mesmo assim estou aqui!
Com a única coisa que eles não conseguem machucar!
Estou aqui com o meu amor!
E assim sempre será!

Por que esse amor é forte para desafiar seus caprichos deuses!
E pode ter certeza, que esses caprichos eu vou sempre desafiar!
Por que amor é único! E nunca será trocado por outra que não seja quem ganhou!
E nunca deixará que o tempo adormeça cada centelha de vida que isso cultivou!

Por que quem ama, nunca desiste de tentar!

E eu, deuses que adoram comandar nossos passos!
Estou aqui, por minha escolha! E isso vocês não irão mudar!
E se tiver que esperar esse amor a vida inteira por culpa dos seus caprichos!
Que assim seja!

Mas eu farei o que sinto! O que amo e desejo!
E mostrarei como esse amor é poderoso!
E até vocês irão reconhecer que esse é o maior tesouro que existe!
Que soltem seus caprichos do destino em mim! Vamos!

Se querem afastar meu amor de mim...

Eu espero!

Nenhum comentário:

Postar um comentário