domingo, 15 de janeiro de 2012

Mais uma madrugada...

Mais uma madrugada começando!

E eu sem sono! Estou faz 2 dias sem dormir e sem nenhum sinal de cansado! Nem olhos doendo, bocejo. Nada! Indo para o terceiro dia sem sono nenhum. Essas madrugadas são tristes demais. Por que quem me fazia companhia era a pessoa que amo! Para alegrar minha vida, meu monitor começou a dar problema e tenho que ficar ligando direto ele! senão tivesse uma paciência divina, teria quebrado de vez ele. Agora escrevo em papel a história. Pelo menos escrevo 3x mais rápido que digitando e em menos tempo. Outra boa notícia é que talvez fique sem net. Dai já fico pensando aqui, sem postar, meu amor vai achar que fui embora e todas aquelas coisas que ela pensa que está acontecendo. Que droga isso!

Sabe, essas madrugadas chuvosas me deixam muito triste. Por que a única pessoa que desejo, nem está perto de mim. Eu escolhi amar e esperar. E não tenho medo disso! Muito pelo contrário! Eu sei que ela sabe que amo ela!Quem sabe um dia seja merecedor do amor dela e de estar perto dela. Eu tenho que continuar lutando e lutando e como eu a amo, não desistir.

Será que sou tão errado assim? Eu fico pensando nisso! Por que tento ser o cara mais "perfeito" que uma mulher possa querer. E não tenho a mulher que amo! Sei lá... parece que tudo que sou, nada valeu a pena ser. Como que se o que sou fosse ultrapassado agora! Nada vale! É uma sensação tão frustrante não poder ser nada para quem deseja tanto ter ao lado. Mas não posso  desistir! Amo ela de coração! Não é possível que isso não esteja valendo nada atualmente. Tenho que acreditar e ter esperanças sempre que um dia ela possa me ver! Só queria ser bom para ela escolher... um dia serei!

E vem a madrugada! Com o estresse do monitor! Possível net fora do ar! E pensando na mulher que não sai da minha cabeça nunca! E nunca vai sair se depender de mim!

Esperar!

É o que me resta!

E torcer para um milagre acontecer, e ela voltar e ficar ao meu lado.

Eu amo tanto ela!

Nenhum comentário:

Postar um comentário