terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

Curiosidades - O Cavaleiro

Muito bem, hoje vou falar da história que estou escrevendo! Aliás, já terminei. Estou apenas dando a revisão para poder acertar alguns erros e dúvidas.

O que seria essa história? Bem, eu tinha escrito faz muitos anos atrás, uma história de fantasia medieval. E é um mundo muito viagem com deuses, dragões, monstros e tudo que se imagina. Mas nunca consegui achar um motivo especial para levar em frente. Minha idéia de muitos anos atrás era fazer alguns livros, sem ligação nenhuma sobre esse mundo. Na minha cabeça tenho uns 3 livros mais ou menos com sua base formada. Mas eu queria que o primeiro, caso escrevesse, fosse especial. Então conheci uma pessoa, que vocês devem "conhecer" pelo tanto que posto dela aqui e tudo mudou. E vi essa história de amor ser um grande motivo para começar a falar desse mundo. Muitas coisas na história que escrevi, são contadas apenas de relance, sem dar muita importância. Mas nas outras histórias terão papel fundamental! Essa história quis deixar esse amor em destaque. Deixando os motivos principais em segundo plano! Os conflitos em família, entre os deuses, rixas antigas, superações e reconciliações e muitos outros temas em segundo plano, sem tirar a importância deles.

Vemos um rei ciumento e protetor que acha esse amor do cavaleiro com a princesa Marie a maior afronta que poderia existir em vida. Causando uma guerra particular entre eles até o rei dar o golpe final, dando sua filha em casamento a um estranho príncipe que veio de um lugar distante. Tem o melhor amigo do cavaleiro que está sempre ao lado dele, junto com seu mestre tentando dar forças para o cavaleiro continuar lutando pelo que acredita. Tem o conflito interno do cavaleiro pelas coisas que tem que fazer a mando do seu rei, contrariando tudo que ele acredita e deseja ser. A diferença como é tratado pelos reis. Os guerreiros e suas crenças que para o cavaleiro é estranha e muitas vezes inaceitável. O amor entre pais e filhos. A luta contra pessoas com seus ideais racistas e descriminadores. A união de pessoas diferentes que fazem o cavaleiro a abrir a mente para poder ter a união. Um rei que por medo pela morte do filho, se isola de tudo e de todos pela dor que sofre. Cavaleiros que quebram seu código de honra, causando assim uma guerra maior do que imagina (isso só será contado melhor se tiver outro livro rs) e o príncipe negro, que é apenas uma marionete com grandezas de um Deus que não admite que o amor não posso lhe ser dado com Marie amando o cavaleiro.

Isso é alguns exemplos de coisas que terão na história. O amor entre o cavaleiro, que parte em sua jornada para salvar seu amor, Marie, dos braços do príncipe negro é o que mais será focado na história. Mas todo um mundo foi criado, com seus lugares e diferentes povos sendo discretamente falado. Na minha cabeça tem mais umas 10 cidades que nem comento na história. Algumas regiões que são pouco exploradas nessa história, mas que em outras é muita. As consequências de certos atos e tudo mais.

Meu principal foco é o amor do cavaleiro por Marie! Que eu tirei do meu sentimento que tenho por essa pessoa. Eu curiosamente deixei apenas o cavaleiro e o príncipe negro sem nomes. Os dois lados defendem o que acredita. O cavaleiro o amor e o príncipe negro a grandeza e os desejos do seu mestre que ainda estou pensando quando finalizo se revelo quem seja ou não. Dúvidas ainda a respeito disso.

A minha pretensão é mostrar esse amor, que é verdade para essa pessoa. Claro que de uma forma bem fantasiosa, mas claramente sentida por ele. Eu ainda acredito que darei mais uma revisão em certos capítulos que abordam assuntos que quero deixar mais claro. Mas isso é coisas que com calma serão feitas.

Quando inventei esse mundo, peguei em base Tolkien claro e mitologia nórdica, que é o universo mitológico que mais me atraí. A religião ásatrú também foi discretamente vista no decorrer da história. Principalmente com os guerreiros que seria da região de Uster (seria o gélido norte do meu mundo).  Eu leio muito quadrinhos e isso desde pequeno me deu uma criatividade monstruosa tanto para desenhar, como para escrever. Ler muito também ajuda. Diversos temas e matérias. Tudo ajudou para construir esse mundo que vou tentar passar para vocês, caso dê certo esse livro rs

Enfim, apenas falei umas coisas a respeito, que mais para frente vou falando mais.

Abraços e beijos para todos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário