sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

É, ficar sem falar com a pessoa que amo está me trazendo uma depressão monstro!

Sabe o que é viver se sentindo rejeitado, ou culpado de algo que sabe que fez para a pessoa melhorar? Ok, foi um método extremamente filha da puta. Mas funcionou! Eu sou um imbecil! Isso não sai da minha cabeça! Eu sou um imbecil! Sacrifiquei uma amor, que por sinal ainda a amo, e agora simplesmente sou meio que um fantasma. Talvez odiado e sendo o cara mais sujo da Terra. E dói tanto isso! Esse afastamento dela pelo que parece para sempre simplesmente acabou comigo! Praticamente não tenho mais amigos, por ignorar todos e não querer conversar. Os poucos que falo, ainda fico chorando isso que fiz! Todas as coisas que gostava de fazer eu simplesmente não quero mais fazer... esporte, jogos, desenhar... Se pudesse deitava e torcia para cair um avião em mim para me matar de vez. Aliás, sou um covarde, por que peço todo dia desde que ela vou embora para morrer e espero que algo aconteça para isso acontecer. Que chova e caia um raio em mim. Que escorregue da escada e quebre o pescoço. Brincando com minhas espadas, uma delas atravesse meu peito. E vários outras possibilidades de morrer que olho pelos cantos e já vejo. Acho que já morri em vida com o que fiz! Sou o cara mais estúpido do mundo! Acho que só não me mato por que quero uma vida com honra! Mas o que faço não é vida mais... pensei que amor fosse forte para encarar tudo! Mas vejo que só eu estou carregando essa bandeira! Esse amor que tanto quero amar.

Sem querer ser convencido. Eu poderia ser tanta coisa nessa vida! Tenho capacidade de ser tanta coisa e a merda é que eu sigo o que bate meu coração! E ele está totalmente machucado com o que aconteceu! E some isso com um cara super emotivo e esperançoso. Deve imaginar o estrago que ela ir embora fez. Se ela deixar de falar comigo eu já sentia tristeza. Imagina agora sem ela. Talvez sem mais o amor. Pareço uma "menininha" falando assim! E já fui tão orgulhoso do que era. Agora tenho nojo por que parece que tudo que faço dá errado! Sabe daquele tipo de amaldiçoado! É, eu devo ser amaldiçoado! Por que eu tentei dar o maior amor que sinto nessa vida e simplesmente me ferrei! O que me deixa feliz é que ela será feliz! Estou colocando isso na cabeça e torcendo para que seja.

Eu sempre pensei que viveria sozinho, mas eu estava enganado! Por que quando conheci ela, vi que realmente amor existe! Mas estando com outro eu vi que nunca seria suficiente. E resolvi dar um tranco nega indo embora. Ela parece ter melhorado, mas eu... caí me destruindo todo! E isso não é questão de amor próprio, nem se levantar e esquecer. Eu simplesmente sacrifiquei a pessoa que mais quero ter ao lado nessa vida. Sabe o que é isso? Perder sua alma! Seu coração! Ficando a esperança se arrastando gritando o nome dela, esperando ela ouvir e não ter resposta. Eu sou uma carcaça que apenas respira. Com o coração doendo todo dia quando penso nela. Quando escrevo a história pensando nela. Essa dor eu não desejaria nem para meu pior inimigo! Isso devora você por dentro! E não é ter fé e nem pedir para Deus para ajudar! Nem sair com os amigos e encher a cara bebendo e pegando as amigas piriguetes! É algo que vai sempre te cortar por dentro, por que você ainda ama essa pessoa como nunca amou outra mulher e simplesmente morreu para ela pelo jeito e pelo andar da carruagem.

E o triste é que troco todas as mulheres apenas para ficar com ela! E no final não tenho quem amo, e não quero saber das outras.

Dói...

Nenhum comentário:

Postar um comentário