sexta-feira, 23 de março de 2012

Meu doce amor



Encontro mil razões, em mil situações para estar com você.
E deixo o tempo bater sem me deixar andar.

Por que aqui é onde quero estar, meu amor!
E se tamanho sentimento por ti não for suficiente.
Que amaldiçoe minha vida, por continuar e tentar conquistar você!

Destrua meus sonhos que tanto alimento com uma vida com você estar.
Arranque minhas pernas, para parar de andar procurando você em todo lugar.
Fure meus olhos para que não veja mais as lembranças, que estão sempre presentes,
e que me dão forças para ousar esse amor tentar.

Me mate... por que só assim a esperança de ter você em meus braços vai acabar.

Ah, amor forte e verdadeiro que alimenta meu ser.
Como posso ser digno de tamanha felicidade, sem saber onde meu amor está,
para lutar e vencer?

Diga-me "destino" escrito, por que não sou merecedor dessa vida com esse amor?
Por que os deuses nos afastam, me deixando no silêncio desse amor,
que não sei se lembra mais de mim, por tamanha ausência e punição que recebo nesse lugar?

Mate-me carrasco! Mate-me agora!
Por que viver sem tocar esse amor, é o mesmo que perder a alma,
e deixar o demônio rindo por eu sofrer, e sem esse amor chorar...

Eu estou aqui...
Esperando por esse amor!
E mostrando que o que sinto é verdadeiro!
E nada nesse mundo me fará mudar!

Ah, amor que está distante, e no meu coração tão perto está!
Volte para meus braços, e assim todo esse sentimento realizar!

Volte!

Por que te amo! 
E nada nesse mundo irá questionar!

Nenhum comentário:

Postar um comentário