quinta-feira, 12 de abril de 2012

Nas sombras, ainda vejo a luz



As sombras da noite, arrastam os sonhos, devorando a esperança que existe neles.
Me escondo, procurando um lugar onde esse amor está seguro e possa ainda lutar...
Onde? Onde é esse lugar que tanto procuro, se você aqui não mais está?

Vou em todos os lugares, procurando por você! Procurando por algum sinal.
E tudo que vejo é o vazio, e a tristeza vagando pelo lugar.

Esse é nosso futuro agora? Estarei eu apenas esperando meus sonhos acabarem?
Não! Não ficarei parado, esperando meus sonhos, meu amor, simplesmente no tempo passar.
Luto! Lute comigo se ainda acredita naquilo que sente e dizia tanto para mim nesse lugar!
Não deixe vazio nosso lugar de encontro, deixando as sombras cobrir tudo sem lutar!

Vejo de longe, tentando ver sinal que você possa voltar.
Tentando ver se aquele que te prende a deixe livre para caminhar.
Esperando assim que volte! Volte para aquele que você um dia disse amar.

Ainda me ama? Espero que sim!
Por que se realmente ama, não deixe essa vida passar!
Sem amor... ou fingindo amar...

Estou procurando por você, correndo das sombras que me cercam.
Correndo da ausência, que sem você, poluí esse lugar.
Iluminando por onde passo com esse amor, que te pertence.
E apenas você faz brilhar.

Acreditando com todo esse meu amor, que um dia você vai voltar.
Para finalmente ao meu lado ficar, sem medo ou insegurança de me abraçar.
Aceitando esse amor que falava tanto para mim, antes de me deixar sozinho para te esperar...

Fico olhando de longe, procurando te encontrar.
Esperando com todo esse amor, fugindo das sombras que me vigiam nesse lugar.
Me mantendo firme naquilo que sinto, sem medo daqueles que querem me pegar.
Lutando sempre, pelo amor verdadeiro, que um dia você me mostrou e fez acreditar.

Onde você está, meu amor?

Nenhum comentário:

Postar um comentário