sexta-feira, 4 de maio de 2012

Falsa vítima das suas ações



Esse é o futuro, quando na mentira e falsidade querer levar!

Sozinha ela está, com seu reflexo na água, sem mais ninguém no lugar.
Olhando uma vida que busca, na fraqueza do destino jogado, aceitado sem lutar.

Ali está sentada, olhando a vida de todos, acompanhando cada andar.
Parada no tempo! Mergulhada em seus pecados, que nessa vida abusou usar.
Agora, perdida em seu tempo, procura uma luz que a possa novamente salvar.

Só... cercada de fantasmas que alimenta em cada tristeza que grita silenciosamente.
Mostrando a pureza, que ela nunca teve, e nunca irá conquistar.
Satisfazendo-se no tempo, em que ela ainda pode dominar.

Ela olha a vida passar, sem nenhuma vida ela aproveitar.
Cercada dos pecados que ela causou, e desses pecados sempre lembrará.
Buscando em um canto a luz, que levará ela para um lugar de paz.

Ela senta sozinho, longe de todos, vendo como é o amor usar.
Perdendo quem tanto a amou, pelas suas atitudes e verdades não revelar.

Agora finge a felicidade, onde seu coração negro se destaca em cada lugar.
Mostrando uma dor, que por onde ela passou, nunca demonstrou.
Esperando uma luz, para limpar toda a sujeira que arrumou.

Para assim, quem sabe, mostrar ainda que tem valor.
Valor que suas ações, mostraram nunca ter, por tudo que causou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário