quinta-feira, 3 de maio de 2012

Lutando contra a canção do carrasco




Quantas faces pode ter você?
Quantas vidas tirar, e mesmo assim sem uma ter?

Das máscaras que caem, vejo a lâmina atravessando seus podres corações.
De manipuladores e covardes, que te conquistam, enganando sem perdão. 
Usando seus sentimentos e fé, para te escravizar, corrompendo com falsas ambição.
Imundando seus sonhos de solidão e tristeza, que racham a inocência sem dar satisfação. 

Eu sou muitos, espalhado pelos séculos. Derrubando a maldade, libertando as pessoas do terror.
De pessoas como você, que causam tanto pavor por usar, tanto medo transmite com o olhar.
Punindo aqueles sem coração, que usam os outros para seu desejo alcançar. Porco interesseiro! 
Liberte essas vidas, controlador, saqueador de emoções, antes dele te achar.
Por que seu sangue vai escorrer, se enganando os outros continuar.

Lute! Lute pela vida! Lute pelos sentimentos que acredita! Ame! 
E deixe a dupla face cair de quem te engana, com a justiça varrendo a falsidade quando rasgar.
Conduzindo a redenção tardia, do inescrupuloso desejo seu, que sujou todo o lugar.

Sangre enganador! Finja a inocência! Esconda a verdade de todos, para assim bondosa ficar.
Poluindo suas mentes com seu carisma, e amor que engana passar.
Controlando suas almas, para seus interesses realizar. 
Esperando a justiça apareça, e te fazer calar.

Como pode ser assim? Como pode não se importar com que joga ou usa?
Ele está acompanhando seus passos, esperando o momento certo chegar.
Para atravessar seu coração com sua arma, e assim das mentiras todos libertar.

Quer sua alma salva? 
Por que quando ele aparecer, a redenção ele dará!

Nenhum comentário:

Postar um comentário