segunda-feira, 30 de julho de 2012

Velhas novas buscas




Por onde ando, eu vou só!
Por caminhos tortuosos, que a vida me trás.
Deixando para trás lugares, que não quero mais ir.

Conheço pessoas novas agora, nessa oportunidade de um novo rumo tomar!
Que reciclam minha vida, que de promessas e mentiras cercavam!
Sugando meus desejos e sonhos! Me prendendo em pequenos lugares!

Agora, estou livre para sentir! Para desejar! Para amar!
E nunca mais espero voltar para as trevas, que tentou me dominar!
E nesse novo rumo que comecei, espero uma pessoal especial encontrar.
Para que me faça sentir feliz por existir, e assim proteger e cuidar!

Ando sem rumo, procurando você, meu amor!
Para lutar por esperança e amor novamente por acreditar!
Cortando a maldade das sombras, que ainda insiste em me vigiar.
Atravessando seu coração, com a espada que jurei nunca usar.

Veja! Um novo amanhã está para chegar!
Para cavalgar por lugares distantes, querendo assim te encontrar.
Vendo o sol iluminando a vida, com a esperança que sempre trará!
Dando forças para que sem medo eu lute, por outro amanhã e esse amor conquistar.

Assim eu estou, só, esperando você encontrar!
Deixando de lado minha carne, para esse sentimento digno estar.
Deixando o dia e a noite passarem, sem nunca questionar.
Essa espera que vivo, sem da vida desfrutar e meus desejos me dominar.
Acreditando que o amor vale a pena, assim que te encontrar!

Para mostrar para todos, que esse cavaleiro nunca desistiu, de um amor encontrar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário