sexta-feira, 10 de agosto de 2012

Devoro você



E assim participo para te provar!
E tentando viver esse momento, morto com vontade!
Tentando seguir cada espaço do seu corpo, até realmente conhecer você!

Tentando esquecer as formalidades das apresentações.
Me deleito em seu sangue! Saboreando a liberdade que sai de seus poros.
Bebendo cada gota de seu tesão, sem deixar você cansar, até você gritar.

Vamos! Chute minha vontade! Devore meu corpo até eu morrer!
Ficando ao meu lado, sem me deixar só essa noite.
Deixando esse desejo saciar, até o outro dia chegar.

Deixando dentro de você meu corpo conhecendo espaços proibidos.
Até esse meu tesão soltar! Satisfazendo o prazer, que nessa noite quero te dar.

Forte! Com vontade! Ofegante e com fome! Querendo apenas te devorar!
Fazendo você ouvir cada batida, que nossos corpos dão, para esse amor concretizar!
Encarando um ao outro nos olhos, entendendo cada movimento que nosso desejo faz dar.

Sem palavras! Olhando a mão percorrendo os corpos!
Lambendo esse sangue que deixamos em cada suor nessa noite sem se preocupar.
Sabendo que cada um pertence ao outro, sabendo que nenhum outro vai provar.

Fale em meu ouvido! Morda meu corpo! Beije o que deseja, até essa ânsia terminar.
Devorando cada carne do meu corpo! Matando esse tesão que faz juntos ficar.

Esperando novamente você me chamar, para tudo outra vez praticar!
Está pronta para outra meu amor?

Nenhum comentário:

Postar um comentário