sexta-feira, 23 de novembro de 2012

Liberdade




Está é um dia em que estou sozinho!
E lembrando de você, volto no tempo.

E vejo como estou feliz agora, livre como o vento.
Escolhendo o que quero, sem estar preso no tempo.

Deixando o destino em minhas ações.
Levo minha felicidade sem fim para todo lugar!

Eu vou! Sem olhar para trás!

Deixando minhas escolhas guiando minha felicidade.
Sem correntes puxando minhas ações, vou!.

De rosto erguido contra as escolhas que me dão!
Mostrando que destino é comodismo sem amor ou salvação.

Volto no tempo, vendo que estou sozinho...
... e vejo que este é um dia que tenho tudo!

Por que estou livre, para ser feliz, sem nada para me segura, ou obrigar...

Nenhum comentário:

Postar um comentário