sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

Indo embora, sem ao menos lutar



Se perdendo em sentimentos, ela espera o seu amor.
Aquele amor que se foi, para nunca mais voltar.

Sentada, sem palavras, lágrimas ou sonhos.
Perdida em erros que o afastaram.
Erros que o mandaram embora, para nunca mais voltar.

Lá está o amor, que nunca será o mesmo.
Manchado por histórias e mais histórias.
Sem nenhuma verdade, que o fizesse continuar.
Olhando distante ele andando pelo mundo.
Buscando o seu caminho, onde não vão se encontrar.
Vendo de longe o homem que ama, vendo outras no seu lugar.
Sentindo a dor dos erros, sem que ele nunca ouça ela gritar.
Presa em um sentimento, que nenhum outro vai dar.

De longe ela acompanha o seu amor.
Entendendo que seus erros nunca serão arrumados.
Pois o orgulho fala em seu ouvido todos os dias.
Dizendo para ela nunca buscar ser livre...
... nunca o amor realizar.

Ela senta em seu canto observando o tempo passar.
Achando que é o destino, mas na verdade é a coragem...
... que lhe falta, para ser livre e os sonhos conquistar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário