segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

Minha religião

" O que é esse asatru world?"

          Sabe, isso é talvez uns dos poucos textos a respeito disso que irei falar, mas é até legal falar, para saberem minha posição diante disso!
          Ontem eu tinha postado no face, uma foto da página asatru world, e um amigo viu e veio perguntar o que era. Bem, ásatrú é uma religião nórdica assim dizendo. E que busca a vivência das 9 virtudes nobres: Coragem, Verdade, Honra, Lealdade, Disciplina, Hospitalidade, Laboriosidade, Independência e perseverança. E fui conversando com ele a respeito. Como esse amigo é mente aberta, ele escutou e leu os links que mandei para ele, falando a respeito. Mas tem alguns que acham uma piada isso. Como se o que você acredita, sem ser Deus ou Jesus, fosse blasfêmia, ou uma total perda de tempo.
         Eu dificilmente falo a respeito da minha opção religiosa, por que a mentalidade das pessoas ainda é muito fechada, mesmo com o tanto de religiões que existe no mundo. Meio que se não for a sua, não tem valor. Bem, e estava falando a respeito dela para meu amigo e explicando por que nunca falo nada, posto apenas fotos, que para quem está de fora, não fazem sentido nenhum. E fiquei rindo, por que eu enxergo a religião extremamente pessoal. Não é algo para ficar falando pelos cantos. Cada um, mesmo seguindo a mesma religião, tem sua própria experiência. E não acredito que compartilhando elas com outros, possa fazer alguma diferença. A real diferença é o que faz para você, com o mundo. E pensando assim, acho o ásatrú a melhor religião que existe.

"Você vai para o inferno, com essas religiões pagãs!"

          Engraçado quando falam isso! Como se eu adorasse o demônio, ou as forças do mal. Isso é visão totalmente alienada das pessoas. Antes de escolher minha religião, procurei saber da maioria das religiões, procurando a que melhor me dava a evolução que preciso nessa vida, no meu agora. 
          No ásatrú essa coisa de céu, inferno. Bem e mal. É tudo decisão sua! São suas ações que vão fazer o seu futuro. E mesmo que você acabe não fazendo o que as 9 virtudes nobre diz, não significa que você será punido por isso. Ásatrú é crescimento interno. Não uma aprovação na sociedade. Tudo que você faz, é para você, que automaticamente é sentida na sociedade. Você não precisa se ajoelhar diante dos deuses, e muito menos ser melhor que eles. Eles querem você em igualdade! Querem você evoluindo, e não submisso a leis. E as pessoas acham isso uma total falta de respeito com o Deus delas.
          Eu tenho alguns amigos que seguem religiões pagãs, e essas pessoas são as mais incríveis que conheço. São pessoas abertas e respeitosas com todas as crenças, e que tentam passar apenas o melhor para todos. Mas é uma pena que nem todos enxergam assim. Assim como tenho amigos ateus, que são incrivelmente inteligentes, para debater sobre isso, sem julgar ou zombar do que acredita. Mas grande parte das pessoas, ainda são preconceituosas e descriminam suas crenças, apenas por ser diferente, ou pouco conhecidas da massa. E no final, meu amigo se interessou em saber mais sobre a minha religião, e sobre meus amigos praticantes. Disse que queria ir em um ritual ou reunião, para ver como é.
          
          Estou falando bem por cima mesmo aqui a respeito. Mas acredito que dê para entender minha posição diante da religião. Cada um tem a sua! Cada um tem sua experiência própria! Não vejo a religião de massa o caminho. Mas o autoconhecimento o caminho para todos. Não precisa seguir o que o líder da sua religião diz. Siga o que o faz ser uma pessoa melhor para a sociedade, e principalmente e mais importante, você.

          Não julgue a religião do outro, por apenas não ser a sua, ou não seguir seu deus. Cada um escolhe o melhor caminho para sua jornada, e as pessoas que o acompanham no momento que mais precisa. E antes de julgar o ásatrú, por ser uma religião nórdica, logo viking ou bárbara, leia a respeito dela, você vai ficar totalmente surpreso com o que ela propõem e tudo só depende de você. Só você!


Nenhum comentário:

Postar um comentário