quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

Ask

          A primeira vez que entrei em um site de pergunta e respostas, foi no formspring. A curiosidade foi maior e foi uma experiência bem interessante, se assim posso dizer.  Alguns amigos do formspring, tenho até hoje e gosto de falar com eles! Conheci uma pessoa que me envolvi. Me diverti e briguei muito nele. Aprendi que não existe um limite para o que falam por lá. O limite é você que faz, respondendo ou não. Muita roupa sua foi lavada por lá quando tinha e não me orgulho dessas coisas. Mas o mais divertido é que realmente foi bom no geral e isso que fez eu ter entrado no ask.

          Bem, primeiramente entrei no ask por causa da Kaká. Fiquei vendo tanto ela colocando no twitter sobre o ask, que resolvi ver o que rola. Bem, o que reparei é que continua a mesma coisa, forms, ask, é o mesmo esquema. Popularidade é importante. Curiosidade é o de menos. Então assim como no forms, tenho poucas perguntas. Mas as pessoas que geralmente iam perguntar, se tornaram meus amigos, por que realmente se interessavam em saber algo sobre mim. E assim, eu retribui a curiosidade de conhecer eles também. Anônimos por incrível que pareça são mais bonzinhos no ask, do que no forms. No forms tinha tanta pergunta de putaria, que nem tinha como responder ironicamente ou na brincadeira. No ask, pelo menos os que apareceram, perguntaram coisas até legais. O problema que ainda não embalei no ask. As pessoas que vi, pelo que li, estão lá para descontrair, não conhecer muito. Eu já gosto de perguntar, analisar a resposta. Pegar pequenos fragmentos e conhecer sem que a pessoa saiba que estou conhecendo. E o principal, realmente responder o que pergunta, sem fazer média. Ou procurar responder para ter curtidas. Gosto de me envolver nesses sites, com pessoas autênticas. E para minha felicidade, no ask, achei pessoas assim até o momento.

          Eu gosto de site de pergunta e resposta. Não tenho medo de responder o que perguntam, desde que não seja coisas pervertidas ou ofensivas com outras pessoas. Tento evitar também responder coisas muito íntimas lá. Acho que tem como me conhecer sem precisar apelar muito. E gosto muito de responder, por que acredito que quando perguntam, tem interesse de conhecer quem sou eu. É um site interessante para quem quer socializar com pessoas diferentes. Não é um site inútil! É inútil se você quer torná-lo inútil. Dá para tirar muito proveito dele, sem ser conseguindo curtidas e aumentando a popularidade.

          Para quem quiser passar no meu e conhecer mais um pouco sobre mim, que não estão lendo por aqui. Só clicar no CMFAY.

          Abraços e beijos para todos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário