quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

Opostos



Tão apaixonados eram os dois.
Diante de um mundo que ia contra eles.
Onde agora cada um está no seu canto.
Sem deixar o amor realizar.

Triste são os dois distantes.
Por que se amam, mas eles não tentam isso mudar.
Sempre espiando os passos do seu amor.
Desejando ao lado estar.

Satisfazendo os desejos com pequenas lembranças.
Onde poderiam tornar real, mas no lado oposto querem ficar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário