terça-feira, 21 de outubro de 2014

Futuro não muito distante...




Calmo... sinto o vento batendo em meu rosto
enquanto estou olhando o tempo passar.

Vendo a vida indo embora, depois de tanto a usar.
Sozinho. Em um mundo frio e duro.
Onde as pessoas somem sem rastros deixar.

Morrendo aos poucos o futuro que criamos.
Por algo mais que não teremos quando tudo acabar.

Torço dentro de mim por mudanças. Cegas.
Por um novo rumo que poderíamos tomar. Arrumar.
Antes que seja destruído tudo que temos por deixarmos de aproveitar.

Olhe! Veja o mundo que tivemos antes do fim chegar.
E procure dentro de você o que realmente importou nesse tempo
antes que seja tarde para se lamentar.

Sinta! Viva! Sorria!

Por que o tempo está passando...
... e aos poucos as coisas somem...
... e nem um tchau vamos poder dar...

Sinto o vento batendo em meu rosto
sentindo o gosto corrosivo na boca.

Envenenando por dentro meus sonhos e desejos
enquanto tudo desmorona ao meu redor.
Nesse mundo que estamos criando sem nada sentir...
sem nada amar.

Solidão... este é o futuro onde consumimos tudo...
sem nunca realmente provar...

Nenhum comentário:

Postar um comentário