domingo, 14 de agosto de 2016

Vaga lembranças de um lugar esquecido


Tão estranho esse lugar que estou!
Um lugar que por tantos anos andei
e agora andando sem rumo e conhecimento vago.

Um lugar onde batia tão forte esse calor 
do que chamamos de amor.
Agora apenas sinto o frio carnal da danação.
Um lugar, onde o que era belo, se tornou apenas
mais um dia sem emoção.

Sinto em alguns dias o sentimento voltando.
Mas mergulho no vazio sem respostas.
Sem atenção.

Como ser novamente um cavaleiro? 
Se tudo em volta se torna um objeto.

Vago. Procuro. Tento voltar a ser o que sou.
Mas sempre falho como tudo que sempre fiz.
Ah, como serei eu se nem consigo ser eu completo.

Ando pelos caminhos, tentando reconhecer o lugar.
Mas só vejo sombras de algo que vivi. 
Sem sentir nada, sem sentir a vida que me chamou.

Quero ser como antes...
... mas nem sei o que agora sou!

sexta-feira, 22 de abril de 2016

Amarga realidade



Estamos aqui novamente, provando o amargo sentimento.
De um novo chamado que vai matando os sonhos que observamos.
Nessa estranha sintonia que está nos chamando, corrompendo,
Para essa atual vida que levamos de agonia e solidão.

Olho esses reinos negros novamente se erguendo como podem.
E o desejo dispersando pelas leis que beijam o chão.Submissos.
Onde o poder domina as ações e os sentimentos se perdem
por não ser bastante e em vão.

Comecem a rir, chorar ou lutar. Escolha!

Por algo que não vai existir mais.
Algo que não significa muito hoje em dia.
Onde a língua sente a carne que vai provar apenas.
E o sangue jorra por todo lugar, sem ninguém questionar.

Nesse vazio que tudo se tornou.
Apenas para mais um dia sobreviver.
E o material ganhar e mostrar.

Novamente me ergo vendo a escuridão nos cercando.
Para lutar contra isso, mais uma vez.

E mostrar que sentimos e não devemos outros machucar.
Onde todos somos humanos... vivemos e sentimos...
... uma coisa de cada vez.

Valorizando as pequenas coisas...
Que são mais importantes que qualquer moeda que possam pagar.

segunda-feira, 7 de março de 2016

Saudades...


           Depois de tanto tempo (anos), posto mais uma vez aqui. É engraçado depois de tanto tempo escrever novamente aqui. Mas bateu uma saudades por que estava lendo os comentários. Pessoas que passaram na minha vida. Pessoas que gosto. Anônimos. Bateu uma nostalgia de uma época boa; mas ao mesmo tempo tempestuosa. Muita coisa se passou desde a última vez que postei aqui. Não tenho mais a mão para escrever como antes... nem a criatividade ou sentimento que transbordava antigamente. E apesar de muita coisa ter passado, parece que foi apenas mais do mesmo que sempre acontecia e portanto, não é lá muita coisa que aconteceu...

          Tenho que aproveitar para falar agora, enquanto a nostalgia e saudades estão frescas. Engraçado como uma pessoa fez tanto e de certo ponto, ainda faz um tiquim. Da mesma forma que tenho tantas idéias, desde que épocas atrás... e ainda tenho ela sem fazer. tenho sério problema de iniciativa! Tantas idéias que podem dar certo, mas sempre travado no mesmo lugar. Vou me considerar um burro que empaca e nem por milagre continua o caminho assim...

          Às vezes dá vontade de voltar no blog. Mas esse blog anda tão bagunçado (marca de todos os blogs que já fiz), com tanta coisa aleatória. Sem focar em algo. Que acho que nunca teria sucesso com isso a longo prazo. Mas ao mesmo tempo acho bem satisfatório falar de tanta coisa. Tanta coisa que faz parte da minha vida, mesmo que irrelevantes a maioria das vezes, que é uma bela válvula de escape para viver. Quase uma terapia. Apesar que sinto muitas vezes isso como um casulo que me fecha no meu mundo, sem que os outros possam entrar. Afinal, não é muito comunicativo aqui, e nem tenho tanta paciência assim para sempre voltar aqui e falar com as pessoas. Teve um momento que sempre estava aqui por alguém, mas não teria tanta paciência agora. Ainda mais com tantas redes sociais... whats... só se voltasse levanto à sério isso.

          Acho que não! Não tenho tantas coisas assim para contar e prender alguém... nem ando com minha criatividade em alta para sempre postar algo. Esse post é mais para matar a saudades de postar e sentir uma época gostosa que não tenho mais. É... uma saudade gostosa que estou passando..

          É...